As Palavras do Senhor

A Biblia E Seus Pastores Sao Culpados Pelo Grande Numero De Ateus Nos Dias De Hoje?

Pelo que eu pude notar a bíblia tem mais de três versões diferentes, uma usada por evangélicos em gera l( A Bíblia latino americana, 79va. Edição de 1989), outra usada por testemunhas de Jeová( a tradução dos testamentos do rei Jacob, 1611) e a outra usada por católicos e alguns evangélicos( a Santa Bíblia, revisada em 1960, da Sociedade bíblica Unida) , além disso existe hoje no mundo mais de 400 igrejas evangélicas cada uma delas pregando a bíblia como querem, a bíblia por si, sendo qualquer uma das três citadas, contem absurdos que qualquer ser humano dotado de inteligência saberia que aquilo é pura mentira, como o caso dos Ateus.

COMENTÁRIOS FACEBOOK

Comments to A Biblia E Seus Pastores Sao Culpados Pelo Grande Numero De Ateus Nos Dias De Hoje?

  • Sem dúvida! Eles são exemplos de vigarisse e falsidade! E vai aumentar mais ainda o nº de Ateus!!

    GE PIT 12 Junho, 2009 6:02
  • Bom dia.
    Nesse caso, a única “versão” fora de um contexto de concordância entre católicos e protestantes, é a das TJs.
    Quando dizemos versão, é apenas a facilitação de linguagem, para maior compreensão, já que os universitários de hoje, se quer possuem domínio de 500 verberes de nossa língua, que dirá dos 2000 mínimos, que seriam necessários.
    A bíblia protestante, possui sete livros a menos que a bíblia católicas, porque consideram esses como livros apócrifos, ou seja, não sendo de inspiração divina.
    A bíblia também nos da interpretação individual, assim como a constituição dos EUA, porque suas bases são imutáveis, e o entendimento, pelo menos para quem tem escolaridade, não se afasta tanto assim de uma meta única, portanto não deveríamos ter tantas portinhas independentes por ai, além de ser melhor que controlada por um “papa” ou coisa similar.
    Talvez você pense assim, porque não aplicou a Exegese e a Hermeneutica ao lê-la, e isso é bem comum em leigos, pois falamos de um livro que esta em alta a milhares de anos.
    Creio sim, que devido a falsos mestres da Palavra de Deus, a saber a bíblia, causam repudio de algumas pessoas contra a crença em Deus, além de causar apostasia entre os crentes de todos os seguimentos.

    Persio 58 12 Junho, 2009 6:02
  • Não, ateus simplesmente não acreditam em deus e não acreditariam mesmo que todos os religiosos fossem santos. A bíblia e seus pastores são responsáveis pelo alto número de pessoas desiludidas com as religiões que mesmo afastadas da religião ainda acreditam em algo que a mais em termos espirituais.

    Jorge P 12 Junho, 2009 6:02
  • Nenhum ateu inteligente despreza a Bíblia. Mesmo para quem não acredita em Deus, a Bíblia é fonte de poesia, sabedoria, dicas políticas e psicológicas, etc… O conteúdo dela não é falso. É apenas alegórico. Quem condena, sistematicamente, a Bíblia, não está sendo ateu, está sendo é pouco inteligente.

    apologal 12 Junho, 2009 6:02
  • Eu acredito que a banalização da religião é a responsável pelo número de ateus nos dias de hoje. A fé trocada por dinheiro, a falta de escrúpulos e a agiotagem religiosa fazem com que as pessoas se afastem das religiões.

    ohomemse 12 Junho, 2009 6:02
  • A bíblia é perfeita, alias, a única coisa perfeita que existe, a falha esta na incapacidade e ignorância para sua correta interpretação. E só é conseguida através do Espírito Santo, portanto ateu jamais ira interpreta-la.

    Marinhei 12 Junho, 2009 6:02
  • Nós somos muitos, e cada um pensa de uma forma. Os mais notáveis são os três tipos; i) cético e ii) materialistas e os iii) niilistas.

    Johnny Deiro 12 Junho, 2009 6:02
  • Era só o que faltava nessa categoria…a invasão islâmica! Vc sabia que Maomé era um “bêbado” com tendência homossexual?

    N Vencedor 12 Junho, 2009 6:02
  • Nao, é a falta de informacao e fé que leva ao elevado numero de Ateus hoje. Bjs

    BruxaMá 12 Junho, 2009 6:02
  • O único culpado é o próprio homem.já que tu não acredita em Deus,porque não fala um pouco do seu pai chamado adversário.

    Pastor protestante 12 Junho, 2009 6:02
  • Não há mentiras na Bíblia. Apenas os fatos foram descritos de forma que nossos antepassados pudessem entender.

    Benny 12 Junho, 2009 6:02
  • O que está escrito na bíblia não deve ser levado ao pé da letra, tem que saber interpretar

    maluco beleza 12 Junho, 2009 6:02
  • Acho q não. Cada um tem uma filosofia, cada um acredita no que quer…mas a bíblia por si só já leva uma pessoa a não crer mesmo…

    Gelly 12 Junho, 2009 6:02
  • Para mim o ateísmo não é nem uma conseqüência, nem mesmo um fato novo: existe comigo por instinto

    Wai 12 Junho, 2009 6:02
  • sim e não. acho que meio a meio.

    Alexandre ® Biondo 12 Junho, 2009 6:02
  • depende

    eu sou anonima 12 Junho, 2009 6:02
  • um dia todos terao uma linda experiencia com JESUS
    paz de DEUS amado

    and,,REI dos REIS jesus cristo 12 Junho, 2009 6:02
  • A Bíblia “discerne as intenções” (Hebreus 4:12).
    Alguns a examinam, apenas, para achar FALHAS nela (2 Pedro 3:16), mas na realidade só querem polemizar ou criticar, sem um interesse real pela verdade das coisas.
    Pessoas assim, dificilmente a entenderão.
    Para entendê-la, NÃO se precisa de “alta instrução”. Os dirigentes religiosos judeus do primeiro século eram “doutores” e se julgavam “representantes de Deus”, mas NÃO entenderam a primeira vinda de Cristo.
    Achavam que aconteceria de um jeito e aconteceu de outro (João 7:45-52).
    Já os apóstolos e discípulos eram, na maioria, “sem letras e comuns” ou tinham pouca instrução, mas foram os únicos a entendê-la (Atos 4:13 – Mateus 11:25).
    Com alta instrução ou não, porém, ela só pode ser entendida com a ajuda de Deus, como se vê no caso do oficial etíope. Ele devia ter alta instrução, pois trabalhava para a rainha Candace, mas NÃO entendia o que lia (Isaías 53).
    Tanto que Felipe perguntou-lhe: “Entendes o que lês?” (Atos 8:30)
    Muitos dirigentes religiosos de hoje, assim como os judeus do primeiro século tiveram, também têm uma interpretação ERRADA da Bíblia.
    Quando colocam-na em prática, em vez de ajudar ou de atrair as pessoas para Deus, acabam fazendo com que elas não queiram mais saber dele (Mateus 23:13).
    Ensinam que quando a pessoa morre é porque “Deus a tomou para si”, que se for ruim em vida, na morte “irá sofrer tormentos no fogo”, que Cristo “nasceu em dezembro”, que os pregadores “não podem se casar”, que devem “participar nas guerras carnais”, etc., etc.
    Sem críticas a ninguém, mas NADA disso é ensinado pela Bíblia.
    Além disso, muitos se dizem “ateus ou descrentes” e agem como tais, por pura CONVENIÊNCIA.
    Não querem que Deus exista, porque assim poderão “pintar e bordar” à vontade, sem freios nem responsabilidades, fazendo o que lhes der na cabeça, pois, se NÃO existe um Criador, não prestarão contas de seus atos para ninguém.
    Então, enganam-se a si próprios e preferem achar que Deus não existe (Salmos 14:1-3).
    Portanto, não só alguns “pastores ou dirigentes religiosos” contribuem para que NÃO acreditem em Deus, mas algumas pessoas, que se dizem atéias, não acreditam em Deus por pura conveniência pessoal.
    Já a Bíblia mostra esses dois lados.
    Mostra que existiriam tais falsos dirigentes (Jeremias 10:21 – 2 Coríntios 11:3 – 2 Pedro 3:16) e mostra que surgiriam pessoas que julgariam ter um conhecimento SUPERIOR ao da Bíblia (1 Timóteo 6:20 – 1 Coríntios 1:18-29 – Salmos 14:3).
    Ela mostra, também, que só chegaremos ao entendimento exato de Deus (Romanos 10:2), SE adquirirmos conhecimento de Deus e de Seu Filho (João 17:3.17).

    Pergres 12 Junho, 2009 6:02

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Loading...