As Palavras do Senhor

Com O Sacrificio De Jesus O Velho Testamento Foi Anulado?

SOBRE A INSPIRAÇÃO DO TANACH
>>>>>>>> Todas as leis descritas em toda a TORAH, quando não trata de assuntos relacionados aos propósitos eternos de Deus, dizem respeito às culturas e práticas dos povos daquela época e eram aplicadas de acordo com as situações de cunho cultural, gastronômico e moral das nações a que Israel iria ter contatos. No caso das práticas pagãs, influenciadas por espíritos enganadores do maligno, Deus então proíbe Israel de praticar e aprender tais influências de origem maligna.
No tocante aos sacrifícios…
Os sacrifícios foram abolidos, e não era o sacrifício em si que cheirava agradável para o Senhor, mas o arrependimento e reconhecimento do homem de que ele era pecador, mereceria morrer, e carecia que um “inocente” e “sem-culpa” morresse em seu lugar (E isto apontava para Cristo – O Deus que nos amou ao ponto de se fazer carne e dividir sua essência eterna, materializando-se para cumprir a redenção humana). Quem exigia a morte do homem diante de Deus era o Diabo (que se tornou por direito legal dado pelo homem: o governador e príncipe deste mundo). Deus então, para livrar o homem de ser ceifado pelo Diabo, estabeleceu “a era dos sacrifícios” que apontava para Cristo – O único que resgata o homem do “império e reino da morte”, e o transporta para o seu reino, por isso Jesus sempre dizia: O MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO. Hebreus 2: 14, 15 – Colossenses 1: 13,14.
>>>>>>>>>>> Sobre a FIDELIDADE e VALIDADE do TANACH (Antigo Testamento):
Muitos tentam fugir das orientações divinas que proíbem as práticas pagãs necromantes, espiritistas de invocação de mortos, do culto à imagens e práticas da idolatria, homossexualismo, e outras práticas contrárias tanto ao TANACH como ao BRIT-CHADASHÁ (Novo Testamento)…
Usam distorções acima citadas, como algumas proibições relacionadas à costumes, práticas gastronômicas e costumes do comércio de escravos – comum a todas as culturas dos povos da antiguidade (e até recentes), para tentar desvincular das proibições à práticas de cunho moral e espirituais que refletem o ZELO de Deus para livrar os homens da condenação e perdição eterna…
Mas, esquecem que quando os Apóstolos no NOVO TESTAMENTO citam “As Escrituras” como inspiradas para nos ensinar, nos corrigir, nos instruir, eles estavam citando O TANACH como até então ESCRITURAS INSPIRADAS, já que o Cânon do NOVO TESTAMENTO foi preservado e separado somente no 4º SÉCULO da era cristã.
Portanto, quando Paulo diz em II TIMÓTEO 3… sobre AS ESCRITURAS, ele estava ser referindo ao ANTIGO TESTAMENTO, veja:
15 e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela que há em Cristo Jesus.
16 Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;
17 para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.
E JESUS também nos admoesta em JOÃO 5… referindo-se ao TANACH (Antigo Testamento):
39 Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim;
40 mas não quereis vir a mim para terdes vida!
Você quer ser participe da “VIDA ETERNA” que Jesus oferece?
Obedeça pois a Palavra inspirada de Deus no Tanach, contextualizada pela graça que há em Cristo Jesus no Novo Testamento. Os preceitos e ordenanças relativos à época e costumes embasados em tradições e “estado de guerra” da época são desconsiderados, e isto Paulo e demais apóstolos ensinam em suas epístolas.
Um abraço!
Waldir Alves


Comments to Com O Sacrificio De Jesus O Velho Testamento Foi Anulado?

  • Graça e Paz meu irmão.
    Não podemos ver por este lado e sim que a Bíblia é a palavra de Deus desde Gênesis a Apocalipse.
    2 Timóteo 3.16 diz ( Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para
    o ensino, para repreensão, para correção, para a educação e justiça ).
    Quando Cristo mencionou toda a Escritura, estava se referindo tanto o Antigo e Novo Testamento.
    Devemos saber que o Antigo Testamento e a raiz do Novo Testamento e
    mesmo que hoje em dia venhamos a estar vivendo pela graça e não pela
    lei, o Antigo Testamento merece ser observado e absorvido, pois todo o
    início profético da vinda de Cristo.
    Devemos de saber que a característica mais importante da Bíblia não é
    sua estrutura e sua forma, mas o fato de ter sido inspirada por Deus,
    não podemos interpretar de modo errôneo a declaração da própria Bíblia
    a favor dessa inspirarão.
    Nos primórdios do cristianismo, a palavra ” cânon significa regra de fé ou escritos normativos ( Escrituras autorizadas ).
    Este conceito cânon Bíblico já estava em desenvolvimento na época de
    Atanásio ( c.350 ), a palavra cânon era aplicada a Bíblia tanto no
    sentido ativo e passivo, estes dois sentidos já davam a regra de padrão
    pelo qual um escrito deveria ser julgado inspirado ou dotado de
    autoridade divina.
    Há evidências fortes a mostrar que os primeiros cristãos cologiram e
    preservaram os livros inspirados por Deus tanto o Antigo e Novo
    Testamento, tais livros sem dúvida alguma foram copiados e circularam
    ente várias igrejas primitivas, mas no entanto, em vista de não existir
    uma lista oficial divulgada, o reconhecimento dos 66 livros foi
    universal e levou vários séculos para ocorrer até que as pressões
    ocasionaram a necessidade da tal lista de livros que foram oficialmente
    considerados como inspiração divida ou seja 39 livros no Antigo
    Testamento e 27 livros no Novo Testamento.
    Paz do Senhor.

    Waldir - SHALOM ADONAI ECHAD! 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Sim.
    “Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar.” (Hebreus 8 : 13)
    “Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus.” (Romanos 7 : 4)

    vida de vó 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Não digo anulado. Mas como o nome mesmo diz “antigo” porque Jesus Veio trazer a salvação aos homens que pelo antigo testamento não foi possível. “Eis que faço todas as coisas novas”.
    Cristo é a nova aliança, pois se você ficar preso a tudo no antigo testamento seria necessário a vários rituais que somente o Judaísmo prega como a circuncisão. E, além disso, outros costumes dos antigos.

    Ágape 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Não! E os que viveram nos caminhos de Deus, não seriam salvos? Acontecia assim. Tinha o tabernáculo terrestre igual ao do céu. Com as mesmas medidas. Nesse recinto, o povo se reunia uma vez por ano para pedir perd~~ao pelos pecados. Esse ato, era feito com um animal limpo e sem manchas.O Sacerdote adentrava o tabernáculo com as oferendas e queimava elas, e a fumaça subia ao céu. Se o sacerdote, entrasse no tabernáculo e estivesse em pecado, ele morria na hora e era puxado por uma corda que levava na canela caso morresse, ele ainda mantia um cinto de pequenos sinetes, que ao silenciar, anunciava sua morte. Qdo Jesus veio, esses costumes passou a ser ineficaz, pois Jesus estava no mundo e cessou essas ofertas. Ele anulou essa lei chamada mosaica mas não o velho Testamento, nunca.

    fediuk3 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Samuel, o Velho Testamento viveu pela LEI. Nós vivemos pela GRAÇA, que JESUS nos deu quando foi sacrifício lá na CRUZ.
    Mas Jesus nos ensinou que temos que viver os ensinamentos da BÍBLIA COMO UM TODO.
    Quando ELE foi questionado a respeito dos mandamentos ELE, respondeu que veio para reforça-los, ou seja “Amar a Deus sob todas as coisas, amar o teu próximo como a Ti mesmo”, isso significa que, quem ama o próximo não mata, não cobiça, não adultera, não rouba, não mente e muito mais, basta ler I Coríntios 13 e ver o verdadeiro significado do amor. Leia a Palavra e verá que o VELHO e o NOVO TESTAMENTOS SE COMPLETAM. É MARAVILHOSOOOOOOOOOO
    SER LIVRE EM JESUS CRISTO.
    Veja no Velho Testamento as lições de pessoas que foram tão normais como nós, cheias de defeitos e virtudes, Deus permitiu que fosse escrito sobre eles para que víssemos que quando eles obedeceram a Deus, deu tudo certo, quando desobedeceram só sofreram as conseqüências. Deus é Luz e não se compactua com as trevas.

    WP Autoblog Software 29 Janeiro, 2010 17:25
  • “Todo aquele que pratica pecado também transgride a Lei: porque o pecado é a transgressão da Lei.” I João 3.4
    “…porque a Lei suscita a ira; mas onde não há Lei, também não há transgressão.” Rom. 4:15
    “Se me amais, guardareis os meus mandamentos.” S. João 14:15
    < <>
    “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.” Tiago 1:17
    “Porque Eu, o Senhor, não mudo….” Mal.3:6

    Caçador de Tjs! 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Olá Samuel, boa noite,
    O sacrifício de Jesus Cristo,
    de forma alguma anulou o Velho
    Testamento.
    Interessante e oportuna pergunta.
    É necessário entender que os dois
    Testamentos, se constituem como a
    legítima Palavra de Deus, que não pode
    SER nem diminuida e nem acrescentada.
    Portanto, o Velho Testamento, está
    vigente na atualidade,claro,que as leis
    ceremoniais, foram EXTINTAS, como as
    leis de sacrifícios e a lei do dízimo, todas
    AS leis ceremoniais foram extintas na cruz.
    OS RELIGIOSOS, POR questões de
    conveniências, apoiam um mandamento
    espúrio do domingo católico em detrimento
    do sábado bíblico,mesmo com conhecimento
    DE que o sábado bíblico, é mandamento eterno.
    O mundo religioso, mesmo sabendo que
    o dízimo foi extinto na cruz, se utilizam do
    marketing do dízimo nasEscriturasSagradas
    visando ENCHER os seus cofres com dinheiro
    fraudulento. É evidente QUE a causa de Deus é
    nobre, ENTRETANTO, Deus,não compactua com
    fraude DELIBERADA. É necessário coragem moral
    para dizer a VERDADE aos seus fiéis e instituir uma
    oferta voluntária no lugar do dízimo. Hebreus 7:12 e 18,
    esclarece que á LEI DO DÍZIMO enfraqueceu, Alguns se
    utilizam deste texto,para dizer que aETERNA lei de Deus
    foi enfraquecida. TEMPOS CONTRADITÓRIOS, SOLENES
    E VERGONHOSOS.
    NOTA:
    Observe, que NO JUÍZO FINAL, a multidão que
    estarão ao lado esquerdo de Cristo,são pessoas
    esclarecidas, que conheciam a verdade, entretanto,
    fizeram a opção pelo o engano e por UM conjunto de
    falsidades, e lamementavelmente Cristo dirá: NÃO vos
    conheço.
    Desejo-lhe uma
    excelente semana.
    Mas os que esperam no
    Senhor renovarão as suas
    forças; subirão com asas como
    águias; correrão, e não se cansarão;
    andarão, e não se fatigarão. Isaias 40:31
    PARABÉNS PELA PERGUNTA.

    vida de vó 29 Janeiro, 2010 17:25
  • A Lei não foi abolida, Jesus veio aperfeiçoá-la.
    Ele disse: Pela lei está escrito não matarás, porém Eu vos digo: Aquele que se encolerizar contra seu irmão já é réu de juízo; Também está escrito: não adulterarás, porém eu vos digo que aquele que olhar para uma mulher e cobiçar em seu coração já adulterou com ela.
    Hebreus 10:28 Paulo disse:
    28 Quebrantando alguém a lei de Moisés, morre sem misericórdia, só pela palavra de duas ou três testemunhas.
    29 De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue da aliança com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça?
    Pelo que Jesus disse e o que Paulo complementa nestes versos, vemos que a graça é muito mais severa do que a Lei mas o que se prega hoje em dia é que pelo fato de estarmos na graça, somos livres para fazer muita coisa que na Lei não podia, e este ensinamento é diabólico infiltrado no mudo religioso através de Teólogos inspirados pelo Diabo para corromper a igreja, pois este é o seu trabalho, perverter o que é sagrado.

    Patrícia 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Jesus responde: Mateus 5:17 “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir” Todas as Cerimônias apontavam para o sacrifício de Jesus, Jesus é o cumprimento do antigo testamento e a reafirmação da Lei a mesma lei verso 18

    Karisma 29 Janeiro, 2010 17:25
  • jesus mesmo disse em mateus eu naõ vim para abolir A LEI eu vim para cumprir ou para melhor entendimento jesus veio aperfeiçoa-la em cumprimento ele mostrou através do exemplo como realmente pratica-la,jesus nao adorou imagens ,naõ adulterou ,naõ caluniou,honrou seu pai e sua mae enfim alem de ter cumprido os dez mandamentos da maneira correta amou seu proximo e amou a DEUS em oraçaõ colocando a ligação entre e seu PAI……cumprindo alem do que vai os mandamentos,amou DEUS E AMOU SEU PROXIMO ALÉM DISSO AMPLIOU O AMOR EM TODA AREA QUE DEVERIA…..

    O Alarido 29 Janeiro, 2010 17:25
  • não sei porque faz essa pergunta….
    nunca ouvi falar em tal coisa
    mas no entanto sei que Jesus, desde o momento que nasceu veio cumprir o velho testamento. Anunciar a palavra de Deus e fazer crer muitas pessoas

    lilomora 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Jesus não veio abolir o VT, mas cumpri-lo. (Ele cumpriu-o por nós, assim já não vivemos na velha aliança, mas na nova)
    A lei dada em moises era demasiado “rígida”, e nenhum homem a conseguiu cumprir além de Jesus, que nunca pecou.
    Dta mto(;http://Jesussalvacao.blogspot.com

    mariane 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Isso depende da religião (abraços

    Carla Macedo 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Pelo contrário.

    . . 29 Janeiro, 2010 17:25
  • Não.

    a verdade faz doer 29 Janeiro, 2010 17:25