As Palavras do Senhor

Jesus Foi O Ator, A Palestina O Palco E Roma Ficou Com A Bilheteria? Que Coisa Hein?

Essa discidência judaica cristã pró Roma agradou mais a romanos do que ao populacho judeu em geral.Por quê?
Foi uma boa tirada a do escritor do NT ao escrever que ele veio para os seus mas os seus não o aceitaram??
O NT foi bem medido para convencer ao populacho morimbundo e a agradar a elite romana??
O suposto papa Clemente I teria sido primo de Tito e sobrinho de Vespasiano?
Um parente dos Flávios a comandar o cristianismo de dentro de Roma???!!!!


Comments to Jesus Foi O Ator, A Palestina O Palco E Roma Ficou Com A Bilheteria? Que Coisa Hein?

  • Muito boa comparação e verdadeira. Foi isso mesmo que aconteceu. A idéia de Saulo de Tarso ou Paulo, o militar superior romano e exator (aquele que fixava e cobrava tributos) e que conseguiu aumentar a arrecadação com a frase “a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” (não, não foi Jesus quem a disse. Pense um pouco: Jesus não era exator nem cobrador de impostos. Saulo sim), chamou a atenção dos pontífices romanos (um para cada religião permitida em Roma, muito antes do nascimento de Jesus Cristo). Eles, os pontífices, estavam perdendo prestígio e a República Romana estava ameaçada pelos vitoriosos imperadores plebeus quando os patrícios vislumbraram a possível salvação, não da alma, mas de sua influência política no Forum e Senado romanos. Quem manejava a política e as religiões de Roma eram os Patrícios, os nobres que influiam em todas as decisões da República Romana. Os plebeus que se insurgiam contra os patrícios eram julgados sem conhecer as leis (as 12 tábuas da lei que muitos confundem com as pedras dos dez mandamentos do mítico Moisés), zelosamente guardadas pelo Pontifex Máximus, o precursor dos Papas. Com a subida ao poder de Imperadores plebeus, estes passaram até a ter o direito de conhecer as leis e enfrentar os patrícios no Forum.
    O grande Constantino III foi a salvação, quando aceitou a incipiente seita cristã, apoiada pelos patrícios, no âmbito das religiões permitidas em Roma e no Império Romano, logo após sua vitória sobre Maxêncio na conhecida Batalha da Ponte Mílvio, ano 312. E a Doutrina cristã, foi transformada em Doutrina Católica, no Primeiro Concílio de Nicéa, ano 325, presidido pelo próprio Constantino, já Imperador de Roma, do Ocidente e do Oriente. Os cristãos romanos passaram a ser católicos (do grego: katholicon = universal), ganharam prestígio e força militar, para alegria dos patrícios que se conservaram no poder e criaram e transformaram a Igreja Católica Apostólica Romana na mais poderosa organização política e religiosa da história da humanidade em todos os tempos.
    E o genial Jerônimo de Estridom teve muitas outras ótimas tiradas, além da idéia dos quatro evangelho sinóticos (comparáveis) para dar maior credibilidade aos textos por ele próprio preparados e aceitos (muitas vezes pela força) até hoje. Com as Vulgatas de Jerônimo, terminadas no ano 405, o catolicismo se expandiu, apenas distribuindo os poucos exemplares da Bíblia, ainda manuscrita, entre os padres mais graduados,. A Bíblia de Jerônimo permaneceu intocada por mil e duzentos anos, sendo proibida sua posse aos fiéis leigos, até a invenção da imprensa em série por Johannes Guttenberg e o contrabando de papel dos árabes rompendo o monopólio cultural da Igreja. Foi quando os reformistas protestantes, Martim Lutero, Calvino e Zwinglio editaram e distribuiram ao povo da Alemanha e Suiça os Grande e Pequeno Catecismos no século XVI (dezesseis), marco memorável na evolução cultural da humanidade, do povão que só então começou a ler.
    Muitos estudiosos creem que Jesus foi o protagonista de um belo conto de ficção, a Província Romana da Judéia foi o palco e Roma, hoje o Vaticano, ficou (e ainda fica), não com toda, mas com a maior parte da bilheteria.

    Carlox Amorinus 24 Julho, 2009 5:47
  • O cristianismo foi de certa forma uma discidência judaica,
    por ter surgido no seio do cristianismo,mais não se pode falar em “agradar” mais a romanos do que aos judeus,até porque muitos
    Judeus tornaram-se cristãos.Mais o cristianismo conseguiu mais,
    pois muitas populações tornaram-se critsã´s em todo o império,
    especialmente nas províncias romanas da Aásia Menor,além de na própria Roma.
    Agradar a elite romana ? A elite romana não aderia ao cristianismo,pois quem aderia era principalmente a população pobre do império,somente parte da elite aderiu ao criatinaimso mas já em outra fase do império,como no fim do século III,mas isso por causa da expansão dele.
    Na época dele o cristianismo era uma religião marginalizada
    e sujeita a perseguições dentro do império e na cidade de Roma.
    Da onde voce tirou que ele seria “primo de Tito e sobrinho de Vespasiano” ?Não vejo nenhuma menção a isto,nem mesmo como uma desconfiança,em nenhuma fonte sobre ele. Da onde voce tirou
    que ele poderia ser parente dos Flávios ??Gostaria da fonte !
    Se é que tem alguma.
    O Cristianismo só foi “pró-roma” depois que o imperio passou a parar de perseguir (séc.IV) e aderir a ele,mas não da forma que voce fala.
    Parece que ateus falam muito em “criteriosidade” mas não são quando se trata de defender suas “crenças”e seus achismos.
    Mostre por favor alguma fonte séria que defenda esse ponto de vista.
    Se não mostrar é porque NÃO TEM.
    * O que se sabe,é que a irmã do imperador Domiciano (81-96 D.C) Domitila,se converteu ao cristianismo na época desse “papa”,e ele sofreu persegui~ções,porque na época do reinado dele,ele promoveu uma perseguição séria ao cristianismo.Mas será que Domiciano perseguiu um membro de sua família ? Depos Clemente I foi condenado ao trabalho nas minas e depois assassinado no reinado do imperador Trajano (98-117 D.C).

    Luiz 24 Julho, 2009 5:47
  • Jesus foi o ator, a palestina o palco e Roma ficou com a bilheteria? Que coisa hein?
    … E VOCÊ? DEPOIS QUE DESLIGA O SEU COMPUTADOR, APÓS CONTRIBUIR COM SUA DESINFORMAÇÃO PESSOAL? CONSEGUE DORMIR EM PAZ?
    .
    . ACHA LEGAL USAR DESTE MAGNIFICO MEIO DE COMUNICAÇÃO QUE É O COMPUTADOR LIGADO A INTERNET, PRA SER UMA PEDRA DE TROPEÇO NO CAMINHO D’AQUELES QUE AINDA ESTÃO FRACOS NA FÉ?
    .
    . A SUA SORTE É QUE DEUS É MISERICORDIOSO, E ATÉ QUE O SENHOR JESUS CRISTO VOLTE, VOCÊ TERÁ TEMPO AINDA PRA SE ARREPENDER DOS TEUS PECADOS.

    RJ_2009 24 Julho, 2009 5:47
  • Continua esperto heim Vano ? Só cutuca onde dói.
    Como eles não conseguem ver ?
    Quantos ainda vão ter que penar até a liberdade ?
    O Cristianismo realmente é a melhor empresa que existe.

    biodegra 24 Julho, 2009 5:47
  • Para isto Jesus exortou aos Seus “verdadeiros” a que dessem “A César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. Deixe o dinheiro com Roma e fique com a vida eterna; muito maior valor.

    cacounge 24 Julho, 2009 5:47
  • A resposta disso tudo é a única… O Poderrr… $$$$$ infelizmente!

    Luis Diego 24 Julho, 2009 5:47
  • Feliz Natal Vano…..

    Andrea 24 Julho, 2009 5:47
  • Continua perdido Vano?

    Sarah Saved 24 Julho, 2009 5:47