As Palavras do Senhor

Na Sua Opinião, A Religião Resulta Na Alienação Humana?

Todos os seres humanos precisam de explicações sobre o mundo, assim como proteção e conforto.
A religião torna-se um refúgio, no qual o homem muitas vezes acaba depositando grande valor, imprimindo forças supersticiosas que possam explicar os males e os bens.
Feuerbach, filósofo alemão, aluno de Hegel, diz que o homem é quem cria Deus, e não o contrário. A Este, dedica cultos, ritos e obediência, e passa a dominar a imaginação e a vida dos seres humanos. Assim, o homem não passa de um ser alienado. A criatura (deuses) exerce domínio sobre seus próprios criadores (homens), o que resulta na alienação.
?
Pergunta dedicada as “feras” da categoria Religião e Espiritualidade e a todos que queiram expressar sua opinião ou idéia a respeito do assunto.


Comments to Na Sua Opinião, A Religião Resulta Na Alienação Humana?

  • tem pessoas que a usam para fugir da realidade.
    tem pessoas que a usam para negar os próprios fracassos preferindo culpar um outro ser.
    tem pessoas que simplesmente acreditam tanto que acababam vivendo só pra isso.
    crentes, seja católicos, protestantes ou satanistas sempre partem de um pressuposto de que exista algo além do que já sabemos que existe. Mas afirmar com tanta certeza algo que não é tão real é complicado. E aí surge a Alienação.
    Acho que tudo nessa vida tem que ter a regra da tese e da anti-tese… e cada um de nós deveria ter o direito de ficar com o que melhor lhe convencer…
    sou Atéia sim… porém, evangelizem-me se forem capazes, sem grilo……

    Cris Scully Fã dos Malignos 12 Julho, 2009 14:28
  • Muito boa a pergunta.
    Meu ponto de vista em relação a Deus é particularmente próximo do que você citou. Eu acredito que Deus foi criado pelo homem, para explicar o que até então, não entendíamos. Acho também que Deus só existe até hoje porque não provamos que tem outra explicação para esses fatos determinantes. O próprio ego e a presunção do ser humano foram fatores causadores da existência de Deus. Por exemplo a teoria mais chamativa para a existência de Deus hoje é o Design.
    Como nosso mundo existe em perfeita harmonia para que nós estejamos aqui, que nós possamos viver nele (e a probabilidade que isso aconteça é ínfima), como essa obra é tão perfeita, sugere a existência de um designer, de um criador.
    Eu acredito nas possibilidades. Sendo o universo tão grande, a possibilidade ínfima, mesmo sendo tão pequena, tem grandes chances de acontecer. Quem acha que nossa mera existência resulta necessariamente da existência de criador super inteligente e onipotente é achar que nós somos extremamente importantes num universo onde somos apenas poeira cósmica.
    A religião vem quando muitas pessoas acreditam nesse Deus, é a doutrina, uma doutrina para seguir uma mentira.
    De qualquer forma eu não alego ter certeza da inexistência de Deus, eu não tenho como saber, mas mesmo que exista algum tipo de “Deus” que seria diferente do conceito humano, ele não existiria de forma presente no nosso mundo. Ou seja, seria indiferente para nós, pois não seria útil para nenhum dos propósitos humanos.
    Bom dia.

    NeW LaDo 12 Julho, 2009 14:28
  • Curiosamente, a sua pergunta e desde o início da humanidade as pessoas sempre procuram maneiras de explicar o mundo ea natureza não domesticado em que viveu o resultado, mitos, crenças, absurda natureza de querer dominar e não para compreender e aprender a viver com ela, mas certamente em busca de uma explicação que o homem inventou uma altamente complexa, cheia de ideias abstractas e religião chamado para algum outro bom para a verdade é que mal no final, também dizer que é um sistema que leva à alienação humana e grandes aberrações disque justificado por um todo-poderoso se chama Deus, no final desta ideia afasta um grande número de pessoas ignorantes e enriquece muitos religiosos como o Vaticano ou como aqui no México enriquece um grupo religioso católico chamado de Legionários de Cristo aqui, dizemos que a milionários de Cristo.
    Enfim acho que a espécie humana nunca poderá ultrapassar a ideia de Deus.
    Espero que foi capaz de responder à sua pergunta. Te mando muchos saludos desde México.
    Hasta luego!
    Desculpe-me por que eu faço o meu Português

    JUAN ANTONIO RAMÍREZ CONTRERAS!! 12 Julho, 2009 14:28
  • Religião como alienação humana ? Você é adepta às teorias de Karl Marx ? Se é, cuidado ! Algumas pessoas ( não todas ) o endeusam como se ele fosse o dono da verdade e a salvação dos problemas sociais do mundo. Mas, muitas das suas teorias também são boas. Só te perguntei isso, porque você citou um texto parecido com a teoria dele. Mas respondendo a sua pergunta, a religião não aliena necessariamente a pessoa. Depende do indivíduo. Muitas religiões ensinam que se deve ter tempo para tudo. Sobre a alienação, ela não é comum somente na religião ( algumas pessoas ), mas também fora dela como o marxismo que citei anteriormente ( também, algumas pessoas ). Sobre a existência de Deus, existem algumas pessoas até que não acreditam na sua existência ( minoria com certeza ), mas eu tenho motivos suficientes para acreditar nessa existência. Muito dos relatos bíblicos ocorreram antes de determinados eventos direta ou indiretamente, isso pode der provado a partir do estudo do carbono 14 ( ou outro tipo, não me lembro ao certo ) que prova que os documentos datam de muitos séculos antes de Cristo. Então, eu acredito sim na existência de Deus !

    Ignácio M 12 Julho, 2009 14:28
  • É a necessidade desesperada do homem, de explicar o que ele se acha incapaz de saber. Ele não se permite nem mesmo pensar muito no assunto, é Deus e pronto! Acho que a palavra que o ser-humano mais gosta é a palavra FÁCIL. Gosta de tudo da maneira mais fácil, mesmo que não tenha muito e que se explicar.

    baiano 12 Julho, 2009 14:28
  • Acho que a religião não resulta em alienação desde que a pessoa tenha senso critico porem um fato interessante é o protestantismo brasileiro que é de da vergonha a qualquer religião no mundo fanatismo dos praticantes assim como a ganancia dos lideres religiosos que se utilizam de figuras demoniacas e ou divinas pra ganhar prestigio e dinheiro as custas de milhões de capachos fieis esperançosos das promessas desses mestres de salvação eterna e uma nova vida livre do mundo e de seus pecados e tendo a perigosa convicção de que sua verdade absoluta deve ser levada ao mundo mesmo que seja preciso atacar que não pensa igual resultando até mesmo em atos hostis contra os mesmos e difamando tudo aquilo que não é da religião resultando num fanatismo perigoso religião faz bem porem em excesso é perigosa.

    Ramon M Ateu "The Pegasus&q 12 Julho, 2009 14:28
  • Certamente a religião aliena as pessoas.
    Arrebata-lhes a razão e lutam, até a morte, não raro, defendendo dogmas, princípios que não foram ainda demonstrados e provados, entretanto cada lado, ou vertente, ao tentar se sobrepor sobre o adversário, só o que quer é dar-lhe ordens, como sendo representante de uma Verdade única e desconhecida.
    Ambos crendo na mesma fé, não é possível que lutem entre si, entretanto, ao apoderarem-se, cada um de palavras (ou ordens) de um Deus com distinções entre as vertentes, torna-se lógica como consequencia a disputa por valores na busca das certezas.
    Como há tantos milênios se desconhece a Verdade que determinará o fim de todas as teorias, é sabido que detentores de falsas, porém acreditáveis verdades, se apoderam de bens e tornam-se, além de respeitados, ricos e poderosos em diálogos com representantes de nações.
    Então a religião, ao alienar o humano a uma falsa verdade que poderia se tornar, por simples aceitação popular, a Verdade única e soberana, acaba por destruir no homem a vontade que lhe é natural de compreender suas origens e muitos dos alienados, por cansaço mental, deixam de se preocupar com essa busca, razão pela qual a cada século que passa mais difícil fica a manutenção das ordens religiosas em pequenos grupos.
    Ela se expande … e com isso se fragilizam.
    Então o Estado intervém e começa a dar ordens.
    Dia virá em que o Estado começará a alienar o cidadão (já houve inúmeros exemplos nos passados remotos e recentes) e então as religiões se verão obrigadas a se unirem para conclamarem seus adeptos alienados a mudar o Estado, o que ocorre mesmo.
    No dia que alguém chegar e disser:
    Deus é luz.
    Luz faz átomo, molécula, célula, tecido, órgão e corpo.
    E as leis de Deus são:
    Não matarás (por exemplo uma conhecida)… então a humanidade parará de se matar.
    A humanidade obedece a leis que conhece.
    Você não obedece, tenho certeza, a uma lei que desconheça.

    ketinunk 12 Julho, 2009 14:28
  • A religião como mero ritual resulta na alienação, mas a verdade que está no amor de Jesus Cristo, essa sim, liberta.
    O fato de Deus ser o refúgio para o ser humano não quer dizer que Ele foi criado pelo homem.vÉ uma lei da natureza: o mais fraco buscar refúgio com o mais forte.
    A idéia da existência de Deus está presente no ser humano em todas as épocas e em todos os lugares, independente do grau de desenvolvimento da sociedade. Deus criou o homem à sua imagem e semelhança.
    Se Feuerbach acreditava que crer em Deus resulta na alienação, muitos outros filósofos acreditavam justamente que alienação é não crer em Deus.

    Jonas 12 Julho, 2009 14:28
  • Eu creio que sim…principalmente aquelas cujos dogmas impõem regras e normas rígidas e que algemam as pessoas. Acreditar em Deus é algo simples e pessoal e nada pode ser importo a quem quer que seja. Quando se impõe regras para seguir uma religião, começa ali sua prisão, sua privação de liberdade…
    K:

    kitalamy 12 Julho, 2009 14:28
  • Oi! Prezada ? Garota.
    De certa forma sim! E de certa forma não! Já viu quantos e quantos crimes são cometidos em nome de deus? Veja a guerra no Oriente no centro não está um deus de cada lado? E no primitivismo os romanos não digladiavam apoiados nos seu deuses? Então concluo deus não serve de megas freios, e sim de mola propulsora para as guerrilhas e crimes bárbaros.
    Um forte abraço, cheio de Paz e Luz.

    WP Robot Autoposter 12 Julho, 2009 14:28
  • Não sou “fera”, mas uma mulher que é livre Graças a Deus, depois que deixou de inventar Deus e se submeteu à Sua Vontade, compreendendo enfim, que Ele está acima de qualquer entendimento ou racionalização humana.
    Deus é Deus e não está preocupado com os nossos vãos conceitos sobre a Sua Divindade, porque o Amor é sentimento e ele nasce da alma para o coração. Deus é Amor.

    WP Robot Autoposter 12 Julho, 2009 14:28
  • Não sei, mas prefiro que não venham encher meu saco aos sábados e domingos às 7:00hs da manha para me ditar a tão famigerada “palavra” no melhor do sono.
    Já arrumei até um Pit Bull e já fica solto mesmo.

    Free Wordpress Plugins 12 Julho, 2009 14:28
  • Essa é a tese clássica esposada pelo Marxismo, hoje considerada superada pela maior parte dos estudiosos da Ciência da Religião.

    WP Robot Wordpress Plugin 12 Julho, 2009 14:28
  • Tocante………como diriam os misticos…..é melhor acreditar em coelhinho e não ficar sem ovinho…..
    ser mistico ….é ter alto teor de caloria….

    ? 12 Julho, 2009 14:28
  • Gostei. Por isso já aceitei a morte e não preciso de conforto para minha mente!.

    Bobo da corte 12 Julho, 2009 14:28
  • sim, a religião e outra forma da opressão

    Doubtful Morality 12 Julho, 2009 14:28
  • não sei dizer

    Capitão 12 Julho, 2009 14:28