As Palavras do Senhor

Na Sua Religião, Um Pessoa Pode Se Divorciar? O Que Fazer Quando O Conjuge Quer O Divórcio? Você Pode Assinar?

Gostaria de saber o que acontece (na sua religião) quando O CONJUGE quer o divórcio? Qual deve ser a sua postura?
Se o conjuge providenciar a documentação, você deve assinar concordando?
Você pode arrumar outra pessoa depois?
Pode casar de novo na Igreja, Sinagoga, Mesquita, Centro, etc?
Gostaria que as pessoas que respondessem dissessem qual é a sua religião.
Obrigado, um abraço a todos.


Comments to Na Sua Religião, Um Pessoa Pode Se Divorciar? O Que Fazer Quando O Conjuge Quer O Divórcio? Você Pode Assinar?

  • A pessoa não pode se separar a menos que:
    O outro resolva a deixar (ninguem manda em ninguem né… então se o outro decidir vc tem que aceitar)
    O outro traia (nesse caso vc é livre pra casar)
    A postura deve ser tentar salvar o casamento… propondo mudanças, recomeço, atitudes, e orando pra Deus restaurar o casamento e o amor….
    Se de todo modo o outro decidir largar, então pode sim assinar o divorcio… vc fez tudo q podia.
    Só pode casar se for por motivo de traição…mas no brasil até onde eu sei pode casar qntas vezes quiser…. tem igrejas evangelicas que fazem a cerimonia sim, mas geralmente não pode não. A pessoa só casa no civil.
    Sou evangelica. Conheço caso de gente separada que casou, mas foi só no civil, sem cerimonia religiosa…. Na igreja so pode casar uma vez.

    manchester united gifts 1 Agosto, 2009 2:46
  • Na igreja católica, as pessoas podem se separar, mas não podem se unir novamente a outra pessoa. O casamento é visto como definitivo e portanto, que Deus uniu, o homem não separa. Há casos em que é possivel fazer a anulação do casamento. Mas são casos que exigem grande estudo por parte de diversas pessoas e testemunhas da união do casal. Mas quanto ao se casar de novo na igreja católica não é possivel. E também, quem se une a outra pessoa sendo casado com outra, ou seja, se separou e casou novamente, não pode comungar. Claro que ninguem vai ficar lá te vigiando na missa, mas a pessoa sabe que é excluida da comunhão. Ela é excluida da comunhão mas não da comunidade. A igreja católica acolhe todas as pessoas e as assegura o pertencimento a comunidade paroquial, porque Deus é misericordioso. Mas comunhão não pode. Receber corpo e sangue vivo de cristo não pode, a não ser que se redima desse pecado e fique livre. Porque aos olhos de Deus, vc ainda é casado com outra pessoa.
    Ok?

    Line 1 Agosto, 2009 2:46
  • Graça e Paz.
    O cristão que se divorciar poderá casar de novo,
    mas desde que ele siga o que a palavra de Deus nos orienta a este
    sentido.
    Mateus 5.27-37; 19.9 nos fala do adultério.
    Romanos 7.1-3; 1 Coríntios 7.39 ; nos fala do falecimento do conjugue.
    1 Coríntios 7.15 diz ( Mas, se o descrente quiser apartar-se, que se
    aparte; em tais casos, não fica sujeito a servidão nem o irmão, nem a
    irmã; Deus vos tem chamado a paz ).
    Podemos observar que em um casamento cristão quando um se torna
    descrente poderá haver o divórcio e o crente estará livre do
    relacionamento e não ficará sujeito a servidão de manter o seu
    casamento intácto.
    Deus e amoroso e compreensivo para com os que vivem na
    sua presença e jamais gostaria que um crente leal e fiel ficasse
    sofrendo por um casamento que na qual um dos cônjuges se tornou um
    descrente e não mais existe o respeito, fidelidade e lealdade por parte
    do descrente e como que um crente traído, que sofre humilhações e mal tratos poderá viver debaixo do mesmo
    teto se o descrente não mais quer viver junto ?
    Sabemos que pra Deus nada e impossível, Deus tem o poder de restaurar
    qualquer casamento falido, mais e preciso que o descrente aceite que
    errou e se arrependa verdadeiramente do pecado que cometeu e que o
    crente traído perdoe a traição sofrida, mas e se o descrente não querer
    se arrepender e continuar a viver como descrente ?.
    Com certeza Deus não vai punir o crente fiel e leal a Ele, até porque
    Deus não criou o homem para que viva só e sim que tenha um ajudadora e
    sabemos que o mundo esta cada vez imundo e um homem só e uma tentação
    para que ele viva uma vida abrasada ou seja de sexo sem compromisso.
    Deus não vai gastigar o crente que vier a se casar pela segunda vez em caso de adultério, fornicação e morte.
    O próprio apóstolo Paulo se cala em relação a este episódio.
    Devemos saber que o divórcio sempre causou grandes problemas
    doutrinários em várias denominações por cauas das diferentes
    interpretações das Escrituras Sagradas.
    Até porque temos que estar com a nossa casa arrumada para podermos estar bem espiritualmente para toda e boa obra do Senhor.
    Temos que ter muito cuidado em seguir a doutrina Bíblica para não cairmos em pecado ou deixarmos
    de cumprirmos a vontade de Deus em nossas vidas.
    Paz do Senhor.

    Ágape 1 Agosto, 2009 2:46
  • Temos livre arbitrio, cometemos erros.
    Sou casada a 13 anos graças a Deus vivo feliz com o homem que escolhi e acredito que tambem o faça feliz em igualdade, mais nem todo mundo dá a mesma sorte.
    Muitos casam sem se conhecer direito e a convivencia vai mostrando que a união foi um erro e juntos jamais serão felizes.
    Deus quer familias felizes, ele não obriga ninguem a conviver com a infelicidade, isso são normas criadas pelas “igrejas”
    Casou, não deu certo, separa… é muito mais digno do que muitos fazem por ai, mantem um casamento de fachada para sociedade e por traz tentam ser felizes com amantes.
    Sou Umbandista, se um dia meu marido achar que eu não sirvo mais pra ele não terei nenhum problema em assinar a separação, o que não seria justo é tentar OBRIGAR ele a ficar ao meu lado sem AMOR.
    Axé

    Tempesta 1 Agosto, 2009 2:46
  • Minha religião prega q o casamento é uma instituição divina e q o q Deus ajuntou ñ separe o homem.
    Ah eu sou protestante!

    Anónimo 1 Agosto, 2009 2:46
  • Quando a união provém de Deus, não há quem separe, somente a morte. Por isso não vou responder!
    Beijoss

    Tete 1 Agosto, 2009 2:46
  • Não pode divorciar.
    O q Deus une o homem não separa… A não se no caso de prostituição.

    Eduardo 1 Agosto, 2009 2:46