As Palavras do Senhor

O Ladrão A Direita De Jesus Foi Para O Paraíso Naquele Mesmo Dia?

Disse Jesus para o ladrão que “hoje mesmo estarás comigo no Paraíso”.
Ele foi para o Paraíso pq seu espírito já havia atingido a perfeição, como diz os espíritas ou pq se arrependeu e creu em Jesus, como diz as escrituras?
E aqueles são os que criticam, hoje, quando alguns que antes notoriamente pecador, se tornam novas criaturas através da fé em Cristo. “Eis que se alguém está em Cristo, nova criatura é, as coisa velhas se passaram, eis que tudo se fez novo” II cor 5:17


Comments to O Ladrão A Direita De Jesus Foi Para O Paraíso Naquele Mesmo Dia?

  • O que está em questão aqui, é se o ladrão foi para o Paraíso após a morte física. SIM. Porque foi para o Paraíso? Era perfeito ou possuía espírito perfeito? Não, era pecador. A resposta é: Como mostra o contexto, foi para o paraíso, por que reconheceu que Jesus era Deus ou o Filho de Deus e reconheceu-se pecador indígno de entrar nos céus por merecimento próprio. Se arrependeu e viu em Jesus o único que poderia dar a ele tão grande Salvação. “Disse Jesus: Aquele que vem a mim, de maneira nenhuma o lançarei fora”.

    carlosbr 11 Junho, 2009 5:26
  • Não, Jesus estava se referindo ao paraíso em que ainda está por vir (Salmos 37:10-11). E ele não disse “hoje mesmo estarás comigo´´, ele disse “estarás comigo´´(mas se na sua bíblia estiver escrito isso então desculpe-me, mas o significado é o mesmo). Ele disse isso ao ladrão porque o mesmo havia se arrependido do que fez, e foi dito em I Cor: 6:10 que aqueles que se arrependessem de seus pecados e voltarem atráz nas atitudes erradas, serão declarados justos e sendo assim, poderão ser salvos. Por isso Jesus disse ao ladrão que ele estaria no paraíso.

    Long - The HADOUKEN®s MASTER 11 Junho, 2009 5:26
  • “Em verdade te digo hoje, estarás comigo no Paraíso”.
    Jesus não prometeu ao criminoso que ambos estariam juntos no Paraíso naquele mesmo dia, embora a maioria das versões bíblicas que usamos dizem isto. Temos aqui na verdade um problema de tradução que tem que haver apenas com a pontuação correta do texto. A palavra hoje usada por Cristo está ligada não ao verbo estarás, mas está ligada à expressão te digo, foi usada por Jesus para dar ênfase à importância do momento. O criminoso pediu a Jesus que se lembrasse dEle naquele dia, naquele dia quando Ele haveria de voltar para o estabelecimento definitivo de Seu reino. Mas Jesus lhe respondeu: “Em verdade te digo hoje”, ou seja, neste dia, neste dia em que você se arrependeu e creu, neste dia em que estamos prestes a morrer, neste dia em meio à toda essa humilhação, a toda esta dor e agonia por que passamos, neste dia de aparente derrota e fracasso, Eu garanto a você, estarás comigo no Paraíso.

    Bianca P 11 Junho, 2009 5:26
  • Claro que sim! O texto bíblico é claro no assunto. Jesus como Deus nunca se afastou do Céu, sempre esteve junto com o Pai e o Espírito Santo. Se ele disse que estaria naquele dia, é porque após a morte do ladrão (que aconteceu naquele dia) estaria no paraiso.
    Amigo te dou um conselho, não fique ouvindo heresias de tjs e cias, veja como eles ficam pondo sinais gráficos na Bíblia aonde não tem só para confundir as pessoas que buscam com sinceridade a fé em Deus, esses caras não estão preocupados em defender o que a Bíblia diz, mas sim o que a torre da mentira exige que eles creiam, a torre da mentira é o fundamento da crença deles, e não a Bíblia.

    Deladier 11 Junho, 2009 5:26
  • O ladrão NÃO foi para o paraíso naquele dia, pois cristão NÃO FOI PARA O PARAÍSO. O problema está na tradução. O que está escrito no grego é: “Em verdade, em verdade te digo hoje: tu estarás comigo no paraíso”. Portanto, não devemos pensar que o ladrão foi direto para o céu com Cristo, pois Cristo não foi para o céu, e sim para o inferno, para o Hades, conforme está escrito.
    Paz sobre o Israel de Deus.

    Soli Deo Gloria 11 Junho, 2009 5:26
  • não da pra responder nada em religião… voces não quer resposta vcs querem agredir! isso não é de Deus, descubrir sobre outras religião não e pecado é connecer seu proximo pra poder ajudar… agredir é se afastar!

    carol zaboto 11 Junho, 2009 5:26
  • a policia federal já expediu um mandato, se cristo não liberá-lo tambem pode ser indiciado por formação de quadrilha
    e nem adianta expernear, vai sair de algemas, ele tem costa quente, mas será algemado, ele não tem curso superior

    pitoca67 11 Junho, 2009 5:26
  • sim ele foi para o paraíso com Cristo no mesmo dia, só que Cristo o abandonou-o sozinho lá no paraíso e depois de três dias ressuscitou

    jucivald 11 Junho, 2009 5:26
  • Claro que não…ele teve de passar ainda por alguns testes de vocação admissional…uns dizem que ele reprovou…

    vano677 11 Junho, 2009 5:26
  • ladrão não vai pro paraíso pois tem a consciência pesada e com a consciência pessada não sentimos feliz

    Marcos Dias 11 Junho, 2009 5:26
  • Como dizem as escrituras.

    Márcio H 11 Junho, 2009 5:26
  • Na verdade, não havia pontuação nos mais antigos manuscritos gregos da Bíblia. Assim, quando se instituiu a pontuação, os copistas e os tradutores da Bíblia tiveram de inseri-la conforme o entendimento que tinham da verdade da Bíblia. Será, então, que a tradução tradicional está correta? Foram Jesus e o malfeitor para o Paraíso no dia em que morreram?
    Não; segundo a Bíblia, eles foram para o lugar chamado, em grego, de Há·des e, em hebraico, de Shé·ol, ambos os quais referem-se à sepultura comum da humanidade. (Lucas 18:31-33; 24:46; Atos 2:31) Sobre aqueles que estão nesse lugar, a Bíblia diz: “Os mortos . . . não estão cônscios de absolutamente nada . . . Não há trabalho, nem planejamento, nem conhecimento, nem sabedoria no Seol [grego: Há·des], o lugar para onde vais.” Dificilmente um paraíso! — Eclesiastes 9:5, 10.
    Só no terceiro dia é que Jesus foi ressuscitado do Hades. Daí, durante quase seis semanas, ele apareceu diversas vezes a seus seguidores na terra da Palestina. Numa dessas ocasiões, Jesus disse a Maria: “Ainda não ascendi para junto do Pai.” (João 20:17) Portanto, mesmo até então ele não havia ido a lugar algum que pudesse ser chamado de paraíso. — Revelação (Apocalipse) 2:7.
    No terceiro século EC — quando a fusão do ensino cristão com a filosofia grega avançava rapidamente —, Orígenes citou Jesus como tendo dito: “Hoje estarás comigo no Paraíso de Deus.” No quarto século EC, escritores da igreja argumentavam contra colocar um sinal de pontuação depois de “hoje”. Isto mostra que a maneira tradicional de redigir as palavras de Jesus tem uma longa história. Mas indica também que, mesmo no quarto século EC, as palavras de Jesus eram redigidas por alguns conforme vertidas na Tradução do Novo Mundo.
    Hoje também, embora muitos tradutores pontuem Lucas 23:43 segundo a tradição das igrejas, alguns o pontuam como a Tradução do Novo Mundo. Por exemplo, na tradução do Professor Wilhelm Michaelis, em alemão, as palavras de Jesus são vertidas da seguinte maneira: “Deveras, dou-te esta garantia mesmo hoje: Estarás (algum dia) comigo no Paraíso.”
    Então, o que significavam para o malfeitor as palavras de Jesus? É possível que ele tenha ouvido falar que Jesus era o prometido Rei. Ele sem dúvida sabia a respeito do título “rei dos judeus” que Pilatos mandara inscrever e pendurar acima da cabeça de Jesus. (Lucas 23:35-38) Embora os líderes religiosos tenham obstinadamente rejeitado a Jesus, este criminoso, arrependido, expressou sua fé, dizendo: “Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu reino.” Ele não esperava governar com Jesus, mas queria beneficiar-se do domínio de Jesus. Assim, Jesus, mesmo naquele dificílimo dia, prometeu que o transgressor estaria com ele no Paraíso.
    Em que paraíso? Na Bíblia, o Paraíso original era o jardim do Éden, semelhante a um parque, que os nossos primeiros pais perderam. A Bíblia promete que o Paraíso terrestre será restabelecido sob o Reino de Deus, do qual Jesus é Rei. (Salmo 37:9-11; Miquéias 4:3, 4) Assim, Jesus estará com aquele transgressor e com incontáveis outros mortos, quando os ressuscitar da sepultura para a vida na terra paradísica e para a oportunidade de aprenderem a fazer a vontade de Deus e de viverem para sempre. — João 5:28, 29; Revelação 20:11-13; 21:3, 4.

    Tompson Rogério Vieira 11 Junho, 2009 5:26