As Palavras do Senhor

Por Que NÃo Existe Ate Hoje Na Biblia, "o Evangelho De João Batista ?

Se, joão batista pregava a vinda de jesus, então como que não há na biblia tal evangelho ? E mais joão batista batisava os iniciados para o judaismo, ou ele era uma especie de profeta de alusões-sem-nome e sem ministerio constituido ? Como joão batista poderia pregar a vinda dum “jesus” que nem o conhecia ainda ? nem sabia o tempo que poderia vir,e nem aspectos de certeza ?e nem os porques de tal doutrina ? Na biblia porventura não estão faltando muitos evangelhos que os judeus-hipócritas queimaram na inquisição ? E mais se mataram joão batista. Na verdade a tal morte-literária-de-joão-batista não é para esconder a verdade de que joão batista nunca existiu ? Não é porventura um metodo enjanbrado para perpetuar o mesmo e satancio-judaismo com tom de cristianismo ?


Comments to Por Que NÃo Existe Ate Hoje Na Biblia, "o Evangelho De João Batista ?

  • Caramba, já respondi essa pergunta…
    Vou dar a mesma resposta, e la vai…
    Muitas perguntas, vamos por partes…
    João Batista nunca escreveu um evangelho ou qualquer outro tipo de documento histórico ou religioso, por isso não há um evangelho que leve seu nome, ou seja, de sua autoria… diferente de Mateus, Lucas, João evangelista e Marcos, que nos deixaram por escrito o conteúdo de sua pregação.
    João batizava os judeus e anunciava os novos tempos, dizendo que todos deveriam modificar suas vidas e se arrepender de seus pecados para viverem uma vida nova e plena.
    Nota-se que ele detinha conhecimento sobre as escrituras, pois ele era judeu e possuía uma perspectiva messiânica, ou seja, aguardava a vinda do messias, o cristo consagrado de Deus.
    Não podemos falar de João batista somente pelo seu contexto histórico, pois o nosso raciocínio seria falho… Ele conhecia as profecias sobre a vinda do messias, não o conhecia pessoalmente, mas sabia de alguma forma, e ai entra o contexto puramente espiritual, que ele estava a caminho.
    Nesse momento é que notamos o aspecto espetacular desse homem, ele não possui nenhuma certeza concreta de que o cristo (significa ungido) viria exatamente naquele momento, a única coisa que ele possuía era a fé em Deus, ou seja, somente a confiança de que a palavra de Deus, a certeza que Deus tinha colocado em seu coração não era falsa, e que sua missão era autentica.
    João não criou coisa alguma, todo o conteúdo de sua pregação era judaico, sua missão era apenas anunciar o cristo. Repare bem, a doutrina cristã só foi delineada pelo próprio Jesus e repassada aos apostolos.
    Bem, Judeu algum queimou evangelhos na inquisição. Os coitados eram perseguidos e marginalizados. Não possuíam poder algum… A inquisição era de domínio cristão!!! Não se esqueça, em 70 a.c foi separado de modo efetivo o cristianismo do judaísmo (foi na época da guerra contra roma). Não misture as coisas…
    Bem, pra finalizar. A existencia ou não dele fica a seu critério avaliar.
    Há documentos históricos que comprovam a existencia de Jesus e João Batista, mas se ele era realmente o mensageiro no deserto não há como afirmar sem fé.
    Você fala mal do judaísmo e do Cristianismo, mas deve parar e observar a doutrina por traz das inúmeras instituiçoes e pessoas que a manipulam…

    Pandora [O.S.C] 27 Setembro, 2009 11:30
  • Bem, a começar quanto a duvida do Evangelho Segundo João Batista é provavel mediante a Biblia que João Batista não escreveu evangelho, visto que o Proprio disse: Não sou profeta, nem Cristo, sou apenas uma voz que Clama no deserto(cumprindo a profecia dada por Isaias no Cap. 40 e vers. 3)…
    Portanto pelo ministério desempenhado por João Batista antes de Cristo deveria ser assim pois que João não poderia ser maior que Cristo, sendo que o mesmo Jesus disse: Dentre todos os profetas nenhum há maior que João Batista, mostrando quão grande profeta havia se levantado, e quando foram falar com João Batista dizendo que jesus estava batizando mais que ele, o mesmo João Batista disse: CONVÉM QUE EU DIMINUA E QUE ELE CRESSA(JOAO 3:30)
    Pois é quanto a acreditar se ele existiu mesmo é UMA QUESTÃO DE FÉ: Ora, a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a convicção de fatos que se não vêem.(Hebreus 11:1).
    Se quizer ler, leia João 1… e você entenderá que João era apenas um porta-voz, e não merecia honra nenhuma, Jesus disse que se ninguem pregar e se ninguem quizer louvar ao teu nome, ele sussitará pedras pra fazerem isso, então querida…
    DEUS É DEUS

    Wordpress Amazon Autoposter Plugin 27 Setembro, 2009 11:30
  • pois é meus amigos JESUS disse em certa feita que usaria as coisas fracas desse mundo para confundir as fortes .
    e com joão o batista não foi diferente joão batista tinha que cumprir o que diz a escritura em isaias voz do que clama no deserto veja só nos dias de hoje joão batista não seria um pregador bem sussedido pois no seu ministerio não houve uma unica cura se quer entendeu bom deixa explicar melhor acredito na cura divina pela fé no nome de JESUS CRISTO unico nome com poder mas hoje prega-se muita cura amém a biblia diz esses sinais seguirão aos que creem amém mas joão o batista pregava o que nós pregamos a salvação amigo a cura do corpo amigo creio que pela fé mas primeiro vem a salvação quando vinha os setenta que JESUS os mandou pregar eles voltarão contente dizendo até os espiritos imundo nos sujeitarão no teu nome JESUS disse alegraivos porque teu nome esta no céu 17 ¶E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam.
    18 E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.
    19 Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.
    20 Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus.

    antonio carlos 27 Setembro, 2009 11:30
  • Herói contemporâneo.
    Porque rigorosamente JOÃO BATISTA era o ÚLTIMO PROFETA; com ele encerrou-se a CADEIA dos ANTIGOS MESTRES DA HUMANIDADE.
    Sua missão na Terra era preparar um povo para CRISTO JESUS e servir de TESTEMUNHA da DIVINA MISSÃO DO MESTRE DA GALILÉIA.
    Seus primeiros discipulos foram posteriormente Discípulos de CRISTO JESUS.
    Cumprida sua missão, João Batista saiu do cenário.
    Felicidades.
    VR.

    Velho Riozinho 27 Setembro, 2009 11:30
  • Seria como publicar um livro em branco… que nunca foi escrito…e colocar como autor João Batista…
    entendes???
    Beijos

    Anne Tairine 27 Setembro, 2009 11:30
  • judaismo, cristianismo, budismo, hinduismo, satanismo SÃO TODAS SUPERSTIÇÕES INFUNDADAS BASEADAS EM NEHUMA EVIDÊNCIA.

    DEUS UM DELÍRIO 27 Setembro, 2009 11:30
  • o fato é que ele nao tinha um envagelho tão importante para ser escrita, mas o pouco que ele fez e falou foram registradas nos 4 envangelhos

    nguinama 27 Setembro, 2009 11:30
  • estude a história antiga e verás que muitas partes precisas da bíblia foram perdidas ou seja, muitos dos evangelhos.

    thairone 27 Setembro, 2009 11:30
  • Por que ele nunca escreveu nada.

    NomeHIPÓLITO C 27 Setembro, 2009 11:30
  • João Batista pregava a vinda do Messias, ou seja, o enviado de Deus para a libertação da humanidade.
    O batismo de João Batista era o batismo do arrependimento. O seu discurso era: “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus”.
    Também era duro em seu discurso, chamando o povo de raça de víboras: “… Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?”.
    João Batista era profeta. Os profetas pregam o que Deus manda que preguem, mesmo que sua profecia não faça, ao seu tempo, nenhum sentido, assim mesmo pregavam, pois no momento certo, a profecia será cumprida e fará todo sentido.
    João Batista recebeu a ordem de Deus para pregar o evangelho do arrependimento, preparando o povo para a chegada do messias. João Batista não sabia que era Jesus, mas quando Jesus foi ter com João Batista, nas margens do rio Jordão, onde João Batista batizava (para que se cumprisse toda a justiça), Deus revelou, no coração de João Batista, que aquele que se aproximava era enfim o messias esperado. Veja o que João Batista diz, ao ver Jesus:
    JOÃO 1:29-41
    No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
    Este é aquele do qual eu disse: Após mim vem um homem que é antes de mim, porque foi primeiro do que eu.
    E eu não o conhecia; mas, para que ele fosse manifestado a Israel, vim eu, por isso, batizando com água.
    E João testificou, dizendo: Eu vi o Espírito descer do céu como pomba, e repousar sobre ele.
    E eu não o conhecia, mas o que me mandou a batizar com água, esse me disse: Sobre aquele que vires descer o Espírito, e sobre ele repousar, esse é o que batiza com o Espírito Santo.
    E eu vi, e tenho testificado que este é o Filho de Deus.
    No dia seguinte João estava outra vez ali, e dois dos seus discípulos;
    E, vendo passar a Jesus, disse: Eis aqui o Cordeiro de Deus.
    E os dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus.
    E Jesus, voltando-se e vendo que eles o seguiam, disse-lhes: Que buscais? E eles disseram: Rabi (que, traduzido, quer dizer Mestre), onde moras?
    Ele lhes disse: Vinde, e vede. Foram, e viram onde morava, e ficaram com ele aquele dia; e era já quase a hora décima.
    Era André, irmão de Simão Pedro, um dos dois que ouviram aquilo de João, e o haviam seguido.
    Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo).
    Esse trecho mostra João apresentando Jesus como o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Jesus é o sacrifício final, pois até então, sacrificavam cordeiros para cobrir os pecados do povo, mas agora Jesus seria sacrificado, de uma vez por todas (leia Isaias 53, escrito 700 anos antes de Jesus nascer), para libertar toda a humanidade.
    João Batista não escreveu nenhum evangelho, pois morreu, decapitado a mando de Herodes, para cumprir o desejo de sua sobrinha, influenciada pela mãe, Herodias.
    Creia… Não existe uma conspiração mundial para enganar você e nem o mundo.
    O que aconteceu está escrito e foi testificado por estudiosos (teólogos, arqueólogos e historiadores) renomados. Os originais estão expostos em vários museus, mas a maioria está no Museu da Bíblia, em Jerusalém. Quando for para lá, vá visitar esse museu.
    Paz

    Pr. Oliver 27 Setembro, 2009 11:30
  • Ele veio somente para testemunhar que Jesus,é o Filho de Deus, isto é;com a revelção de Deus; por isso ele veio como profeta e p/ batizar e anunciar o evangelho de jesus ….
    A seva do Senhor

    sandra 20 Outubro, 2015 17:35