As Palavras do Senhor

Por Quê Os Evangélicos Falam Em Nome De Jesus?

Eles se acham o próprio Cristo???
Será que Jesus mandou uma procuração a eles???
Será que eles são os mandatários de Jesus???
Eles vivem falando: Em nome de Jesus eu ordeno isso, Em nome de Jesus eu peço isso, Em nome de Jesus eu quero isso!!!!
Quem são eles para falar em nome de Cristo???
Será que eles são o próprio Deus e a Gente não sabe???


Comments to Por Quê Os Evangélicos Falam Em Nome De Jesus?

  • Eu acho que eles se acham mais importante que Jesus!!!
    É incrível isso!!!!

    Lilly Lu 11 Agosto, 2009 5:31
  • Não almejo seus 10 pontos,mas por outro lado quero que saiba, exageros à parte, é bíblico pedir,mandar ou fazer coisas em nome de Cristo:
    “E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe.
    Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.
    Qualquer que receber um destes meninos em meu nome, a mim me recebe; e qualquer que a mim me receber, recebe, não a mim, mas ao que me enviou.
    Jesus, porém, disse: Não lho proibais; porque ninguém há que faça milagre em meu nome e possa logo falar mal de mim.
    E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;
    E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
    Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.
    E naquele dia nada me perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar.”
    Faça bom uso da resposta…

    fifiti 11 Agosto, 2009 5:31
  • É exatamente, a diferença entre Católicos e Evangélicos querida!
    Jesus nos ensinou que deveríamos clamar UNICAMENTE em nome DELE…
    Já os católicos, preferem obedecer aos dogmas pagãos e enganosos, inventados pelo papado, cheio de intermediários e de imagens de esculturas….
    Veja o que ENSINOU o próprio Pedro:
    Atos 4:
    12 E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos.
    INTERCESSÃO ENTRE O CÉU E A TERRA – SOMENTE ATRAVÉS DE JESUS E SEU ESPÍRITO SANTO.
    >> A única intercessão e mediação entre Deus e os homens, são realizadas por Jesus Cristo e pelo Espírito Santo. Vejam:
    I TIMÓTEO 2:
    5 Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
    João 14:
    6 Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
    13 E tudo quanto pedirdes EM MEU NOME eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
    14 Se pedirdes alguma coisa EM MEU NOME, eu o farei.
    15 Se me amais, guardai os meus mandamentos.
    JOÃO 15:
    16….a fim de que tudo quanto EM MEU NOME pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.
    João 16:
    23 …Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, EM MEU NOME, ele vo-lo há de dar.
    24 Até agora nada pedistes EM MEU NOME; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra.
    ROMANOS 8:
    26 E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas O MESMO ESPÍRITO INTERCEDE POR NÓS com gemidos inexprimíveis.
    Se Jesus está em nós e em você, conforme Ele mesmo prometeu em Mateus 28:
    20 Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que EU ESTOU CONVOSCO TODOS OS DIAS, até a consumação dos séculos.
    E se O Espírito Santo de Jesus está em você e já sonda o seu coração…
    PARA QUE INTERMEDIÁRIOS??? ESPÍRITOS ENGANADORES E DOUTRINAS REENCARNACIONISTAS DE DEMÔNIOS; SANTAIADA DE GESSO, MARIOLATRIAS, ETC…
    ISTO SÃO ENGANOS E MENTIRAS, ASSIM COMO “O LIMBO” E TANTOS OUTROS DOGMAS E MENTIRAS DE HOMENS QUE AMARAM O ENGANO.
    Pense nisso!!!
    Um abraço!

    Waldir - SHALOM ADONAI ECHAD! 11 Agosto, 2009 5:31
  • A partir do momento que vc-o-aceitar como único e suficiente salvador,quem sabe vc perde esta mania ridícula de achar que tem o rei na barriga,quando seria mais fácil primeiro tentar conhecer ou entender,vc continua falando como uma louca,DEUS da o poder pra quem ele quer de usar o nome de JESUS CRISTO,se vc fosse convertida a JESUS CRISTO,jamais pensaria em dize que pensamos ser DEUS,É LÓGICO QUE NÃO,MAIS EU GOSTARIA QUE VC SOUBESSE DO PODER QUE DEUS DERRAMA SOBRE TODOS AQUELES QUE OBEDECEM A DEUS,ATRAVÉS DO PODER DO ESPÍRITO SANTO,SE NÃO FOR EM NOME DE JESUS CRISTO,OS DEMÔNIOS QUE ESTÃO AGINDO ,ONDE FOR,NÃO SAI,E SE SAIR,SAI POR UM POUCO DE TEMPO E DEPOIS VOLTA COM MUITO MAIS,MAIS VC NADA ENTENDERIA.VC SABIA QUE SE SOMOS FILHOS DE DEUS ,LOGO SOMOS CO-HERDEIRO COM CRISTO DO REINO COM ELE.

    zanemelo 11 Agosto, 2009 5:31
  • Por que foi Jesus quem intercedeu por nos na cruz..
    e pq ta escrito na biblia (desculpe mas não sei informar o lugar, mas vou procurar novamente)
    que devemos pedir ao pai, em nome do filho
    ou seja, pedir a Deus em nome de Jesus!

    Thatynha 11 Agosto, 2009 5:31
  • Oi Marcela!!
    É realmente uma pena os homens acharem que são donos de Deus e de Jesus. Isso mostra o quanto somos atrasados.
    NINGUÉM É DONO DELES!!! MAS, DEUS SIM É O ÚNICO DONO DE TUDO E TODOS!!!
    Isso é tudo!!
    Bjão!!!

    Maverick 11 Agosto, 2009 5:31
  • Muitas denominações não respeitam o nome de Cristo. Pior ainda acham que tem autoriade vinda de Deus. Ninguem tem autoriade alguma dada por Deus. Sou evangelico e não concordo com isso tb.

    Cheap Logo Design 11 Agosto, 2009 5:31
  • É natural que eles falem em nome de Jesus. O que não é natural é eles desrespeitarem aos outros em nome de Jesus.

    Jorge P 11 Agosto, 2009 5:31
  • Acho que Jesus e o capeta deveriam entrar com um processo na justiça pelo fato dos evangelicos estarem usando direito de imagens deles kkkkkk.

    Ramon M Ateu "The Pegasus&q 11 Agosto, 2009 5:31
  • São papagaios de pa$tor. Se alguém não pensar por eles, não conseguem nem se comunicar.

    Stampana 11 Agosto, 2009 5:31
  • Eles falam o que falam e dizem que é em nome do Cristo…

    Malignan 11 Agosto, 2009 5:31
  • VC vai toma muita chilapada aki por causa dessa pergunta.

    Lucas Souza 11 Agosto, 2009 5:31
  • É que a empresa deles usa esse termo pra tirar grana dos trouxas.

    Gabriel Gaspar 11 Agosto, 2009 5:31
  • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Que nada,usam o nome de Jesus indevidamente!

    Elektra 11 Agosto, 2009 5:31
  • Alguém tem que levar a culpa, não é mesmo?

    kitalamy 11 Agosto, 2009 5:31
  • Cara amigo segundo a Biblia só existe um Mediador entre Deus e o Homem, Jesus Cristo. E a vontade que prevalece é a de Deus e não do homem. Gostaria que você estudasse isso para ajudar os irmãos católicos e evangélicos.
    dizimar não é uma doutrina cristã
    Introdução
    Este ensaio é um resumo do meu livro “Should the Church Teach Titing? – A Theologian’s Conclusions About a Taboo Doctrine” (Deveria a Igreja Ensinar a Dizimar? – Conclusões de um Teólogo Sobre Uma Doutrina Tabu). O próprio livro é uma versão ampliada de minha tese de Ph.D. Desafio os mestres da Bíblia a ousarem abrir em seus seminários uma pesquisa que promova estudos sobre este assunto, aos níveis de Mestrado, Doutorado e Ph.D. Realmente, esta doutrina é importante demais para ser tão ignorada!
    Em muitas igrejas, hoje em dia, a doutrina de dizimar tem atingido o nível de escândalo moderno. Conquanto os livros sobre Hermenêutica e os teólogos omitam o dizimar, por outro lado a prática tem se tornado rapidamente uma exigência aos membros da igreja, nas várias denominações, que insistem em dizer que estão embasadas nas sólidas doutrinas da Bíblia. Existe ainda uma crescente evidência de que os leigos que questionam a legitimidade do dizimar na Nova Aliança, são em geral criticados como criadores de casos ou taxados de cristãos imaturos.
    O Dizimar moderno baseia-se em falsas premissas – A declaração de uma denominação sobre mordomia é típica do que muitas outras ensinam sobre o dízimo. Ela diz que “Dizimar é o modelo bíblico e o ponto inicial que Deus tem estabelecido e que não deve ser substituído nem comprometido por nenhum outro modelo”. Ela acrescenta que o dízimo deve ser entregue a partir da renda bruta, o qual é devido à igreja, antes dos impostos.
    Os seguintes pontos deste ensaio vão contestar os ensinos usados para estruturar o dízimo com o que realmente diz a Palavra de Deus.
    Ponto 1 – Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2 Coríntios 8,9 são superiores ao dizimar.
    O falso ensino é que dizimar é uma exigência obrigatória, a qual sempre precede o dar voluntariamente. O dar voluntariamente precedia o dizimar.
    Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).
    Ponto 2 – Na Palavra de Deus o dízimo é sempre em alimento
    O falso ensino é que os dízimos bíblicos incluem todas as fontes de renda.
    Não usem o Dicionário de Webster. Usem a Palavra de Deus para definir a palavra “dízimo”. Abram uma boa “Concordância Bíblica”. Vocês vão descobrir que a definição usada pelos advogados do dízimo está errada. Na Palavra de Deus o vocábulo “dízimo” não aparece sozinho. Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. ** Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel ** A fartura provinha da mão de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.
    Existem 15 versos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Vejam Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).
    Ponto 3 – O dízimo de Abraão a Melquisedeque se embasou numa tradição pagã.
    O falso ensino é que Abraão deu voluntariamente o dízimo porque foi a vontade de Deus.
    Contudo, pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem:
    1 – A Bíblia não diz que Abraão deu “voluntariamente” esse dízimo.
    2 – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus.
    3 – O dízimo de Abraão foi do espólio de guerra, o que era comum a muitas nações.
    4 – Em Números 31, Deus exig

    servo do Deus vivo 11 Agosto, 2009 5:31