As Palavras do Senhor

Porque Algumas Pessoas Não Acreditam Que A Biblia é A Palavra De Deus?

A Paz meu irmão.
Milhões de pessoas buscam a bíblia todos os dias, a fim de encontrar inspirarão e direção para a sua vida.
Entretanto, por dois mil anos, nenhum outro livro tem sido tão odiado e atacado. Muitos de seus tradutores foram perseguidos, torturados e assassinados, e grande quantidade de copias de seu trabalho foram proibidas ou destruídas. Para muitas pessoas, a bíblia não e amada e nem detestada, ela e nada mais que um antigo documento religioso que suscita inúmeras duvidas.
Mas como um livro tão velho pode falar do passado, presente e futuro, como um livro tão velho, pode estar sendo tão relevante no século XXI ?
A própria ciência não tomou o seu lugar no que se refere a explicação do mundo e de nosso papel neste mundo, mas neste livro você encontrara as respostas que você sempre buscou em sua vida, sabe porque ?
A bíblia Sagrada não contem a palavra de Deus, A BÍBLIA E A PALAVRA DE DEUS.
E muitos não acreditam na bíblia, porque estão sendo enganado por satanás com as suas mentiras em relação as Escrituras Sagradas.
Paz do Senhor.

COMENTÁRIOS FACEBOOK

Comments to Porque Algumas Pessoas Não Acreditam Que A Biblia é A Palavra De Deus?

  • PORQUE ADORAM A SATANÁS

    Ágape 17 Setembro, 2009 17:27
  • encontrei muitas contradições na bíblia,
    hoje vivo pela fé que tenho em Deus.

    Adorador do Edir Macedo 17 Setembro, 2009 17:27
  • como acreditar se eu nem sei se deus existe?

    vento 17 Setembro, 2009 17:27
  • Será que é porque não tem som nenhum?

    Pour la Paix. 17 Setembro, 2009 17:27
  • Algumas pessoas estudaram bastante e conseguiram notar que Javé e toda a xaropada judaico-cristã-islâmica é sem fundamentos, logo escaparam do terror proselitista e resolveram descrer no que nunca teve sentido.

    georgeha 17 Setembro, 2009 17:27
  • Só posso responder por mim, e a resposta é: porque não acredito em deuses.
    Abs.

    Mensageiro Obscuro 17 Setembro, 2009 17:27
  • Porque ainda não a estudaram, pois depois de conhece-la passamos a amar a palavra.!

    Lord_of_ 17 Setembro, 2009 17:27
  • Quem outorgou esse título que a bíblia é a palavra de Deus?
    Um mero mortal igual a Eu e você?

    vencedor 17 Setembro, 2009 17:27
  • Deus não se contradiz e as traduções estão cheias de contradições.

    Kbrito - Kbeça Dura 17 Setembro, 2009 17:27
  • Dificil digerir isso depois que passamos estudar formação do KANON em que intereses passram dominar a religiao, veja que ha inumeras contradiçoes, adicoes, adulteração nos textos, o que derruba qualquer hipotese de ser um livro divinamente inspirado.

    Daniel ? Malignum 17 Setembro, 2009 17:27
  • Palavra de Deus?
    Vc tem certeza?
    Como?
    Lamento,mas acho que vc foi enganado

    Rav. Heresh BarNachash 17 Setembro, 2009 17:27
  • Porque Deus não é algo que possa ser expressado ou impresso em palavras, sejam elas definidas com dogmas, códigos ou regras. Deus é sensações, sentidas individualmente por cada um, acreditando na Sua existência ou não. Voce consideraria o índio que não está condicionado ao cristianismo como sendo um pagão ou ateu? Esse índio, louvando o Sol, a Lua, a mata, as águas, os pássaros, os animais terrestres, o relâmpago, o trovão e a chuva, é ele menor em conhecimento de Deus do que nós, que nos prendemos em escritos de outros, que nem mesmo sabemos seus verdadeiros propósitos? Não acredita que seja muita pretensão nossa acreditarmos que seremos salvos (não sei do que) apenas porque temos e lemos alguns capítulos e versículos de um livro? Nós nem chegamos aos pés do conhecimento divino que esse índio tem…

    Benzedei 17 Setembro, 2009 17:27
  • Me prove 1° que a biblia é a palavra de Deus…

    Adjutor 17 Setembro, 2009 17:27
  • Você ainda esta nessa desliga meu

    Taty 17 Setembro, 2009 17:27
  • porque não é mesmo.

    CHIFRUDA 17 Setembro, 2009 17:27
  • Sempre que esse assunto vem ao YR coloco a mesma coisa. Acho que é prova suficiente mas existem muitas e muitas outras incontestáveis.
    Bom proveito ou faz de conta que não entendeu e joga fora.
    Os primeiros 17 versículos do Novo Testamento contém a genealogia de Jesus Cristo.
    Esta genealogia separa-se em duas partes: Os versículos de 1-11 contém as gerações de Abraão, pai do povo judaico, até o exílio babilônico, quando os judeus pararam, deixando de ser uma nação autônoma.
    Nos versículos 12 a 17 temos a genealogia do exílio até Cristo.
    Nos primeiros 11 versículos que são usados ao todo 49 palavras diferentes, que são sete vezes sete (7X7).
    Destas, 42 (6X7) são substantivos e as outras sete não são substantivos.
    Dos 42 substantivos, 35 (5X7) são nomes próprios, e os sete restantes são substantivos comuns.
    Destes 35 nomes próprios, 28 (4X7) são antecedentes masculinos de Jesus, e os sete restantes não.
    No alfabeto grego estas 49 palavras se agrupam conforme suas primeiras letras da seguinte maneira:
    De Alpha até Epsilon tem 21 (3X7)
    De Beta até Kappa tem 14 (2X7)
    De Mi até Chi tem 14 (2X7)
    Estas 49 palavras deu todo 266 letras, ou seja (38X7). Estas se agrupam de novo no alfabeto em grupos de sete, que dizem as palavras que iniciam com:
    Alpha até Gamma tem 84 (12X7) letras.
    Delta tem 7 (1X7) letras.
    Epsilon até Zeta tem de 21 (3×7) letras.
    Tsêta até Jota tem 70 (10X7) letras.
    Kappa até Mi tem 21 (3X7) letras.
    Mmi tem 7 (1X7) letras.
    Omikron até Phi tem 49 (7X7) letras.
    Chi tem 7 (1X7) letras.
    Disto resulta que toda esta genealogia foi construída no plano artístico de grupos de sete.
    Voltemos para a genealogia ao todo.
    Somente uma coisa característica quero ainda destacar:
    Os gregos não tinham números, mas usavam para isto suas letras. Assim Alpha era igual a 1, Beta igual a 2, desta maneira toda palavra grega tem um certo valor numérico, que resulta da adição do valor de cada letra.
    Agora a genealogia completa, contém 72 palavras.
    Se somarmos todos os valores destas 72 palavras temos a soma de 42.364 (6.952X7).
    Estes (6.952X7) não são jogados de qualquer maneira no alfabeto, mas de novo em grupos de sete palavras, que começam com o Alpha e Beta com valor total de 9.821 (1.405X7).
    Assim sendo, não são somente os onze primeiros versículos desta genealogia, mas tudo é construído sob o plano minucioso de 7.
    Outro traço: As 72 palavras aparecem em 90 formas diferentes.
    Se as tomarmos esses valores teremos um total de 54.075 (7.725X7), e está novamente distribuída em grupos de 70 diversas letras do alfabeto, precisamente em grupos de sete.
    Um desafio: Você deve se sentar uma vez e tentar fazer um tratado, com mais ou menos 300 palavras, tão compreensível como essa genealogia e nisto incluir algumas características numéricas aqui descritas.
    De boa vontade vamos lhe dar um mês de tempo para a experiência.
    Mateus provavelmente não demorou uma semana para escrever a genealogia. Isso significa: Um anel dentro do outro.
    No parágrafo seguinte do primeiro capítulo, nos versículos 18 a 25, é relatado o nascimento de Jesus, contém 161 palavras (23X7).
    São usados 77 diferentes palavras (11X7) que aparecem em 105 formas diferentes (15X7).
    O anjo que falou com José, utiliza 28 das 77 palavras (4X7) e deixa 49 (7X7) sem usar.
    Das 105 formas o anjo só usa 35 (5X7), e 70 (10X7) ele não usa.
    No alfabeto estas 77 palavras novamente se encontra em grupos de 7, como também nas suas 105 formas, como também na frequência do aparecimento das 161 palavras ao todo.
    A soma dos valores numéricos das 77 palavras dá 52.605 (7.515X7), a soma das formas dá 65.429 (9.347X7), com agrupamentos de sete correspondentes de maneiras diferentes.
    Outro fato é que a mensagem do anjo forma o seu próprio sistema de 7, fazendo disso um anel dentro do outro, uma roda dentro da roda.
    Se nocê puder escrever uma história semelhante com 160 palavras e com sistema semelhante de grupo de sete no valor numérico das letras e palavras, então se distingue.
    De boa vontade vamos dar-lhe 2 meses de tempo para que experimente.
    Mateus provavelmente não gastou mais do que duas semanas para isso.
    Harmonia completa.
    O segundo capítulo do evangelho de Mateus relata a meninice de Jesus.
    São usadas 161 palavras (23X7), que são usadas em 238 formas diferentes (34X7).
    Elas contêm 896 letras (128X7), com um valor numérico de 123.529 (17.647X7) enquanto os 238 formas tem um valor de 166.985 (23.855X7). Se tratássemos disto em particular iríamos cansar-lhe.
    Neste capítulo temos quatro parágrafos lógicos, dos quais cada um novamente apresenta as mesmas características numéricas como o capítulo todo.
    Assim temos nos primeiros 6 versículos o número de 56 palavras (8X7).
    Nelas são apresentados vários discursos, o de Herodes, o dos magos e o do Anjo Gabriel.
    As características numéricas destes discursos são tão manifestas, que embora, de certo modo, cada uma em si é perfeita e mesmo assim fica em harmonia com o todo.
    Se você puder escrever um capítulo dessa maneira que em mais ou menos 500 palavras apresente um tão grande número de cálculo tecidos um ao outro e assim mesmo sendo análogos, digamos então num prazo de cinco anos, esperaremos. Suponhamos que Mateus não gastou, mais do que um ano.
    Um milagre Literário
    Entre todas as centenas de parágrafos no evangelho de Mateus, não encontramos nenhum que não os caracterize por esta descrição numérica.
    Só que em cada novo parágrafo aumenta a dificuldade de combinação e construção, e isto não em progresso aritmético, mas potencial.
    Porque Mateus entende, escrevendo seus parágrafos de uma maneira que ele continuamente constrói novas combinações de numéricas, tanto naquilo que já foi escrito como daquilo com que segue.
    Assim, por exemplo, ele consegue usar no seu último capítulo, precisamente sete novas palavras, que ele não usou antes em todo o seu evangelho.
    Ele também usa exatamente 140 palavras, isto é (20X7), que não existem em todo o Novo Testamento.
    Sendo assim, fica muito fácil para calcular, e que você precisaria ao menos alguns 100 anos, para poder escrever um livro semelhante a Mateus.
    Quanto tempo Matheus trabalhou no seu, não sabemos mas ele conseguiu terminar entre o ano 30, depois de Cristo ter sido crucificado – porque ele não poderia começar antes nem depois do anos 70 em que foi destruída Jerusalém, visto que faz referência a esta destruição e isto nos leva a crer que era um homem sensato.
    Ora, o fato é certo que ele fez referências a esta destruição, e isto simplesmente também significa um milagre.
    Sendo assim ele se apresenta para nós como um Gênio Lliterário-Matemático, que antes nunca houve, nem igual ou parecido, o que é totalmente inexplicável.
    Este é o primeiro dos fatos que queremos dar a você para que reflita e pense alguns minutos a respeito.
    Um outro fato ainda mais curioso e importante do que já foi dito vamos mensionar, é este que Mateus usa 140 palavras (20X7) que não se acham em todo o resto do Novo Testamento.
    A pergunta se impõe, como poderia este homem saber que Marcos, Lucas, João, Tiago, Pedro, Judas e Paulo não usariam estas palavras?
    Se não levarmos em consideração as seguintes hipóteses é totalmente impossível ter sido escrito como o foi:
    Ou Mateus tinha combinado isto antes com todos eles; ou, ele tinha todo o resto do Novo Testamento na sua frente antes de começar a escrever; ou então, do Novo Testamento todo, deve ter sido o evangelho de Mateus o livro que foi escrito por último.
    Entretanto, nenhuma hipótese satisfaz.
    Como pode isto ser humanamente possível?
    Vejamos outrossim, acontece no evangelho de Marcos é também um milagre literário e matemático igual ao de Mateus.
    E de conformidade com o mesmo princípio pelo qual descobrimos que Mateus sem falta tinha que ter escrito por último, também é certo que Marcos tem que ter feito o mesmo.
    Isso quer dizer, que sem dúvida Marcos só pode ter escrito após Mateus.
    Mas agora ainda temos que dizer que o evangelho de Lucas apresenta exatamente as mesmas características como de Mateus e Marcos, e do mesmo modo João, Tiago, Pedro, Paulo e Judas.
    Assim não temos somente dois gênios literários-matemáticos milagrosos e nunca vistos, mas oito, e cada um deles tem escrito somente depois do outro.
    Também isso é tudo.
    Como Lucas e Pedro tem escrito cada um dois livros do Novo Testamento, João 5 e Paulo 13 ou 14, terá que se comprovar que cada um só por ter sido escrito após todos os outros.
    Dessa mesma forma pode ser comprovado que das 537 páginas do texto grego (edição de Westcott e Host) também tem que ter sido escrito por último, assim como também cada parágrafo, dos quais aparecem muitos várias vezes numa página só.
    As mesmas características estão em tudo e não existe possibilidade humana para explicar isto.
    Oito homens impossivelmente podem ter escrito cada um por último, 27 livros, 537 páginas e milhares de parágrafos?
    Como também é impossível ter sido escrito cada um após outro, sendo que cada um é o último.
    Imaginemos entretanto, que um único Espírito dominante ordenava tudo, então o problema é solucionado de modo bem simples e natural, tão fácil como uma equação algébrica.
    Isto portanto, significa uma expressão verbal de cada Jota ou Til do Novo Testamento.
    Só quero acrescentar ainda, que do mesmo modo podemos provar e comprovar de que o texto hebraico do Antigo Testamento foi também inspirado literalmente

    Sifo Dias USUÁRIO BOTTOM 17 Setembro, 2009 17:27
  • Algumas, não. Mais da metade da população do mundo.

    kane 17 Setembro, 2009 17:27
  • Porque não insistem na leitura da Bíblia. Se uma pessoa começar a ler a Bíblia com a intenção sincera de encontrar Deus, ai então ela começara a ver a Palavra de Deus, a Bíblia.

    Marco Antônio 17 Setembro, 2009 17:27
  • Quando você estuda como ela foi feita, simplesmente descobre que, da mesma forma quePapai Noel não existe, a Bíblia tem tudo para ser um documento fajutado por embusteiros.
    Constantino, imperador romano que fez a bíblia, isso mesmo, foi ele que juntou, escoulheu e ordenou do jeito que quis os livros e separou os apócrifos!
    Simplesmente por isso!
    Se a bíblia tivesse sido escrita por Deus e isso fosse confirmado, com certeza eu aceitaria, mas feita por assassinos e mentirosos, jamais amiguinho!
    Coisa de homem!

    jvcrdb 17 Setembro, 2009 17:27
  • O Senhor não leva em conta o tempo da ignorância. Ou seja, alguns é por ignorância e outros, na sua grande maioria, porque se satisfazem dizendo não acreditar, porque sabem que irritaram à muitos.
    Feliz Páscoa pra você e sua família.

    KÉFREN 17 Setembro, 2009 17:27
  • pq é mais engraçado que… que… ah sei lá nunca li nada tão engraçado!
    É puro conto-de-fadas!!!!
    Não foi escrita por Deus, concorda? E como ele teria toda a SANTA paciencia de explicar pro tiozinho que escreveu Gênesis (vou eu lá saber o nome desse povo) tintim por tintim como ele fez o mundo?? aff para né? e daí pra frente só piada

    soreaglo 17 Setembro, 2009 17:27
  • Eu acredito, sim, que a Bíblia é a palavra de Deus.
    Mas eu “sei” que Deus não aparece à humanidade de forma “estagnada” no tempo.
    Á medida que a Humanidade avança no tempo, idéias e circunstâncias culturais vão também “avançando”, como resultado desse processo.
    Então, com “certeza”, a idéia de Deus também “avança”: Jeová é um “deus do deserto” para os hebreus.
    Jesus Cristo é um dos “profetas”, um “místico” que fundamentou uma religião para povos ocidentais greco-romanos.
    Nossos tempos são absurdamente ‘diferentes’ daquelas épocas.
    Então, prefiro acreditar num “Deus ateu” que “inspira” um Michel Onfray a escrever um “Tratado de Ateologia” (rsrsrs: brincadeirinha com “ateus”) do que no “Deus-Jeová” que só virá em 1000 d.C., ops 2000, ops 2001, ops 2005, ops 2012, ops…dá licença, meu, não virá nunca porque nunca existiu!
    A Bíblia é uma importantíssima “peça de museu cultural-religioso”, do tempo em que Deus falava com hebreus e mandava hebreus escreverem. Só hebreus, né?
    Hoje não tem mais!
    Esperemos o “Apocalyse Now”…

    Crika 17 Setembro, 2009 17:27
  • Por que não é!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!…
    Um anjo falou pra você???????????????

    Sney agnóstico sinistro 17 Setembro, 2009 17:27
Loading...