As Palavras do Senhor

Qd Um Tj Vai Até Vc Para Conversar Sobre A Biblia, O Que Vc Costuma Fazer?

Bem eu sou uma tj,e quando vou falar a alguem,graças a Jeova sou muito bem atendida.Algumas vezes não querem me ouvir,mas nao me tratam mal como acontece com a maioria dos irmãos.Sou feliz por isso,os meus familiares,amigos e colegas de trabalho me respeitam muito.Acho q é porq respeito a religiao deles tbem.Alguns ate mesmos me perguntam sobre minha religiao,e se nao concordam simplesmente agradecem a explicaçao,mas nao me tratam mal muito menos deboxam de mim.

COMENTÁRIOS FACEBOOK

Comments to Qd Um Tj Vai Até Vc Para Conversar Sobre A Biblia, O Que Vc Costuma Fazer?

  • Digo que respeito, mas tenho outra religião. E que estou muito ocupada.

    princesa 9 Janeiro, 2010 23:32
  • “CATÓLICOS Levam o Evangelho de Porta em Porta”. Assim dizia uma manchete no The Providence Sunday Journal, de 4 de outubro de 1987. Segundo o jornal, um dos principais objetivos dessa atividade era “convidar alguns de seus paroquianos inativos a retornarem a uma vida paroquial mais ativa”. O sacerdote John Allard, diretor do Centro de Evangelização da Diocese de Providence [EUA], foi citado como tendo dito: “Certamente haverá muito cepticismo. As pessoas vão dizer: ‘Lá vão eles, exatamente como as Testemunhas de Jeová.’ Mas, as Testemunhas de Jeová são eficazes, não são? Aposto que se pode ir a qualquer Salão do Reino no estado [de Rhode Island, EUA] e encontrar congregações repletas de ex-católicos.”
    Sim, as Testemunhas de Jeová são bem conhecidas pelo seu eficaz ministério de casa em casa. Mas, por que vão de casa em casa?
    As Testemunhas de Jeová aprenderam das Escrituras que desde 1914, o ano em que começou a Primeira Guerra Mundial, os acontecimentos mundiais estão cumprindo as profecias bíblicas a respeito do fim do atual sistema mundial e do iminente governo do Reino de Deus sobre a Terra. Quase um século de violência, derramamento de sangue e ódio parecem ter deixado a humanidade ainda mais longe duma solução política dos seus problemas. As guerras e o terrorismo que ainda afligem a família humana são prova de que o governo humano fracassou em mudar o coração, a mente e as atitudes das pessoas. O ressentimento profundamente arraigado por causa de acontecimentos ocorridos tempos atrás na História ainda prejudica as relações entre grupos étnicos, raciais e religiosos. Isto acontece em regiões tão afastadas como o Afeganistão, a África do Sul, a Índia, a Irlanda do Norte, a ex-Iugoslávia e o Oriente Médio. Então, qual é a única solução duradoura?
    As Testemunhas de Jeová reconhecem que a solução de Deus — o prometido governo do seu Reino por Cristo Jesus — é a única solução viável. Jesus até mesmo incluiu na sua famosa oração-modelo uma petição a favor do governo deste Reino: “Portanto, tendes de orar do seguinte modo: ‘Nosso Pai nos céus, santificado seja o teu nome. Venha o teu reino. Realize-se a tua vontade, como no céu, assim também na terra.’” As Testemunhas crêem que na realidade esta oração pede a intervenção de Deus nos assuntos da humanidade. — Mateus 6:9, 10.
    Então, por que acham as Testemunhas de Jeová necessário ir constantemente de casa em casa na tentativa de transmitir esta mensagem? Por causa de duas ordens destacadas por Jesus: “‘Tens de amar a Jeová, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua mente.’ Este é o maior e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: ‘Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.’” — Mateus 22:37-39.
    As Testemunhas desejam receber as bênçãos de Deus, e, visto que amam seu próximo, desejam as mesmas bênçãos para ele. Portanto, seguindo o exemplo de Jesus, sentem-se compelidas pelo amor altruísta a visitar seus vizinhos. Querem pelo menos oferecer-lhes a oportunidade de saber o que o “Deus feliz” prometeu à humanidade obediente numa Terra purificada. — 1 Timóteo 1:11; 2 Pedro 3:13.
    O missionário cristão Paulo cria nas promessas de Deus e por isso podia escrever: “Paulo, escravo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos escolhidos de Deus e o conhecimento exato da verdade, que concorda com a devoção piedosa, à base duma esperança de vida eterna que Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos de longa duração.” Sim, o Deus, “que não pode mentir”, “prometeu” a vida eterna àqueles que humildemente procurassem conhecê-lo e servi-lo. — Tito 1:1, 2; Sofonias 2:3.
    Ocasionalmente, alguns alegam que as Testemunhas são pagas pelo seu ministério. Nada poderia estar mais longe da verdade! Tomam a sério as palavras de Paulo à congregação de Corinto: “Não somos vendedores ambulantes da palavra de Deus, assim como muitos homens são, mas falamos em sinceridade, sim, como enviados por Deus, sob a vista de Deus, em companhia de Cristo.” — 2 Coríntios 2:17.
    Alguns líderes religiosos deveras pregam por dinheiro, sendo pagos quer por serviços religiosos, quer por promoverem empresas comerciais na sua televangelização. A maioria das religiões têm clérigos assalariados.
    As Testemunhas, em contraste, não têm clérigos assalariados, e suas publicações bíblicas freqüentemente são oferecidas sem custo aos que sinceramente procuram a verdade, embora muitos destes se sintam induzidos a fazer donativos voluntários. Estes são usados para cobrir os custos desta obra de pregação mundial. Em harmonia com o conselho de Jesus: “De graça recebestes, de graça dai”, as Testemunhas gastam voluntariamente seus recursos, inclusive seu tempo e suas energias, dedicando milhões de horas por ano ao serviço de Deus. Por conseguinte, ensinam as pessoas interessadas indo de casa em casa e por meio de estudos bíblicos domiciliares. — Mateus 10:8; 28:19, 20; Atos 20:19, 20.
    Os fatos provam que as Testemunhas de Jeová não têm nenhuma motivação financeira, quer em benefício próprio, quer para suas congregações locais ou a Sociedade Torre de Vigia. Ninguém é pago para ir de casa em casa. Então, como se financia a obra? Por contribuições voluntárias de pessoas apreciativas em todo o mundo. Nunca se fazem coletas.
    Será que o ministério de casa em casa e a pregação informal das Testemunhas causam um impacto na mente das pessoas? A evidência fornecida pelos veículos noticiosos dá um retumbante sim a esta pergunta. As Testemunhas de Jeová têm sido mencionadas em programas de TV e em filmes, quando se mostra alguém batendo numa porta. Histórias em quadrinhos têm mencionado as Testemunhas. Sua atividade zelosa é tão bem conhecida, que cartunistas em todo o mundo têm incluído referências às Testemunhas de Jeová. Essas talvez pareçam satíricas, mas usualmente se baseiam num positivo fato básico: de que as Testemunhas são conhecidas pela sua persistente pregação de casa em casa. — Atos 20:20.
    Uma recente história em quadrinhos mostrou um homem subindo um monte para consultar um “guru”. Ele disse: “Fale-me sobre as assombrosas coisas futuras!” Como respondeu o “guru”? “Vejamos . . . Haverá fomes, pestilências e terremotos. O sol se transformará em escuridão e a lua em sangue.” O indagador perguntou: “Quais são as boas novas?” Ao que o “guru” respondeu: “Deus enxugará toda lágrima . . . e não haverá mais morte, nem tristeza, nem dor!” Perguntou o visitante: “Como sabe tudo isso?” A resposta? “Ninguém escapa das Testemunhas de Jeová!” E isso deve aplicar-se também ao próprio cartunista!
    O ponto impressionante destes quadrinhos, e de outros similares, é que não só revela a constância das visitas das Testemunhas, mas também a coerência da sua mensagem. Em poucas palavras, o desenhista apresentou uma parte essencial do testemunho delas de casa em casa, e citou textos bíblicos. — Note Mateus 24:7, 29; Revelação (Apocalipse) 21:3, 4.
    Que a maioria das pessoas rejeita sua mensagem não desanima as Testemunhas, nem diminui seu zelo. O apóstolo Pedro advertiu: “Nos últimos dias virão ridicularizadores com os seus escárnios, procedendo segundo os seus próprios desejos e dizendo: ‘Onde está essa prometida presença dele? Ora, desde o dia em que os nossos antepassados adormeceram na morte, todas as coisas estão continuando exatamente como desde o princípio da criação.’” Apesar disso, as Testemunhas, motivadas pelo amor, continuam a visitar seus vizinhos e farão isso até que Deus acabe com o atual sistema corrupto. — 2 Pedro 3:3, 4.
    Jesus disse que, nos últimos dias, as boas novas teriam de ser pregadas primeiro. — Marcos 13:10.

    caroline 9 Janeiro, 2010 23:32
  • dou atenção e pego os livrinhos que entregam. Abraço.

    Tompson ROGÉRIO vieira 9 Janeiro, 2010 23:32
  • aff… hoje em dia do até atenção mas as suas teorias misericórdia!!

    victor_l 9 Janeiro, 2010 23:32
  • Dialogar sobre a verdade com meu irmão de fé e assim nos encorajar-mos .

    Aline 9 Janeiro, 2010 23:32
Loading...