As Palavras do Senhor

Qual é A Diferença Do Jesus Ecumênico E Do Jesus Bíblico?

Até que fim uma pergunta interessante!!!!
No contexto bíblico, ecumênico significa simplesmente “relativo a toda a terra habitada; universal” ou apenas “o mundo”. Esse conceito é usado, por exemplo, em Mateus 24.14: “E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim”. O sentido bíblico do termo “ecumênico” é o da união de todos os crentes por iniciativa do Espírito Santo.
O ecumenismo que se busca hoje, ao contrário, promove uma união com base no que poderíamos chamar de “menor denominador comum” (usando terminologia matemática). Seus porta-vozes confundem a unidade dos verdadeiros crentes, como João a descreve (veja Jo 17.21-23), com a união de igrejas e organizações ou, ampliando ainda mais sua abrangência, com a união de todos os que de alguma forma crêem em Deus ou em alguma divindade.
A Bíblia, porém, enfatiza com muita clareza a exclusividade da verdadeira Igreja, fundada sobre a Palavra de Deus. Encontramos menção dessa base principalmente nos Atos dos Apóstolos: “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações” (At 2.42). Através de esforços e manobras políticas visando unir todas as organizações e denominações jamais surgirá o que a Bíblia chama de “assembléia dos santos”, a união dos “separados”. A “Igreja de Deus” é um organismo espiritual, separado e chamado para fora do mundo pelo próprio Deus por meio da obra salvadora de Jesus Cristo na cruz, com a finalidade de ser algo especial para o louvor da graça de Deus: “Depois de fazer sair todas as (ovelhas) que lhe pertencem, vai adiante delas, e elas o seguem, porque lhe reconhecem a voz… Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim… Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco; a mim me convém conduzi-las; elas ouvirão a minha voz; então, haverá um rebanho e um pastor” (Jo 10.4,14,16).


Comments to Qual é A Diferença Do Jesus Ecumênico E Do Jesus Bíblico?

  • Graça e Paz meu irmão.
    João 1.14.
    Essa passagem supracitada nos fala que o Senhor Jesus Cristo se fez carne e habitou entre nos.
    Umas das intenções de Jesus Cristo foi trazer a união entre todas as pessoas, ou seja que todos adoracem e acreditassem somente no Deus vivo e único, mas muitos nem se que acreditavam em Jesus e preferiram seguir outros caminhos.
    Eu particularmente meu irmão, vejo o Senhor Jesus Cristo como aquele ser Divino que veio nos trazer os ensinamentos pessoalmente para que todos nos pudessemos também viver em unidade ou seja em união, eu não vejo nenhuma diferença ao tocante do Jesus ecumênico ou o Bíblico, visto que só existe um Senhor Jesus Cristo e a sua mensagem e uma só.
    Paz do Senhor.

    Aris 25 Julho, 2009 5:33
  • (Romanos 12:17) – A ninguém torneis mal por mal; procurai as coisas honestas, perante todos os homens.
    (Mateus 7:21) – Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos c é u s, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos c é u s.
    (Mateus 6:7) – E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.
    (Lucas 6:46) – E por que me chamais, SENHOR, Senhor, e não fazeis o que eu digo?
    (Marcos 9:39) – Jesus, porém, disse: Não lho proibais; porque ninguém há que faça milagre em meu nome e possa logo falar mal de mim.
    (Lucas 9:50) – E Jesus lhes disse: Não o proibais, porque quem não é contra nós é por nós.
    (Mateus 12:30) – Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.

    Ágape 25 Julho, 2009 5:33
  • Bem essa diferença não existe exceto quando se quer que ela exista para justificar outros fins.
    Lógicamente Jesus não usa a palavra ecumenismo, Ele usa da palavra Unidade porque a idéia de Jesus é que todos sejam um para que o mundo creia, e isto está na grande oração sacerdotal de Cristo em S.João 17:20-26
    A ideia do Senhor é a idéia da unidade, em outra feita Ele disse:
    “Eu Sou A Videira, vós sóis os ramos” Jo15,5
    Aqui se admite a pluralidade de ramos, mas a videira é a mesma.
    E São Paulo irá arrematar dizendo que “para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade”.( Timoteo 3.15), tudo no singular, Igreja, Deus,coluna, firmeza e verdade.
    O ecumenismo não está expresso no NT mas ele faz com que o que está expresso no NT se torne verdade.
    Ou mentira, dependendo do lado onde você se posiciona acerca da Palavra de Deus, tão belamente expressa.
    Paz e Bem

    solameri 25 Julho, 2009 5:33
  • Entendo da seguinte forma
    Se fosse para misturar não haveria necessidade do criador formar um estado na terra (Israel) bastava simplesmente tomar o grande imperio Egipicio, aniquilar o “Panteismo” impor o monoteismo e suas doutrinas
    Como a intenção é atingir o intelecto humano (atraves de Jesus) direcionar pura e simplesmente o pensamento humano a “Ele” o ecumênismo é irracional (perante o criador) pois ele não precisa do pensamento humano (os dogmas e crenças que as pessoas inventam) para se manifestar . O criador se manifesta pelo seu proprio poder e não mistura sua obra com a obra humana (sem fé é impossivel agradar ao Criador)
    Espero ter ajudado
    Um abraço

    Frei Bento no Tempo Comum 25 Julho, 2009 5:33
  • Jesus ecumênico não existe.

    E.T. 25 Julho, 2009 5:33