As Palavras do Senhor

Qual Foi Os Motivos No Qual A Igreja Católica Parou De Ser A Religião Predominante Da Inglaterra?

Na Inglaterra o rei conflitou com a Igreja católica. Henrique VIII rompeu com o papado usando problemas pessoais: pretendia desfazer seu casamento com Catarina de Aragão para casar-se com Ana Bolena, alegando querer um herdeiro para o trono da Inglaterra.
Como Catarina era tia de Carlos V, imperador do Sacro Império Romano-Germânico, então em guerra contra Lutero, o para não concedeu a anulação, a fim de não entrar em choque com Carlos V, seu aliado religioso. Inconformado, em 1534, Henrique VIII rompeu oficialmente com a Igreja de Roma publicando no Parlamento, o Ato de Supremacia, documento por meio do qual tornava-se chefe da Igreja na Inglaterra, mais tarde denominada anglicana. Excomungado pelo papa, Henrique VIII, em represália, confiscou os bens da Igreja católica na Inglaterra.
A obra reformista protestante de Henrique VIII só foi completada no reinado de Elisabeth I, sua filha com Ana Bolena.


Comments to Qual Foi Os Motivos No Qual A Igreja Católica Parou De Ser A Religião Predominante Da Inglaterra?

  • Bem, o rei Henrique VIII não estava muito a fim de obedecer a Igreja, que não permitia que ele se divorciasse, então ele criou a Igreja Anglicana (o mesmo que Igreja Inglesa), que era pra mostrar qe no país dele mandava ele.
    Agora, porque O POVO parou de seguir a Igreja Católica, aí eu não sei… Pode ser porque eles sempre foram meio fanáticos pelos monarcas (o hino deles é “Deus salve a rainha”!), ou porque a Inglaterra é meio separada da Europa continental, pelo fato de ser uma ilha, e o domínio de Roma não era tão grande sobre ela.
    Mesmo assim, não foi tão fácil. Durante todo o período da Revolução Inglesa (séc. XVII, eu acho), houve uma tremenda briga religiosa lá, um rei católico precedendo um protestante, e vice-versa, todos perseguindo a religião oposta.
    Até hoje o Reino Unido não tem paz nesse sentido: a Irlanda vive brigando com a Inglaterra, porque é de maioria católica.

    Rodrigo Campos 6 Julho, 2009 20:30
  • O rei da Inglaterra queria separar-se de sua esposa, mas o Papa não concedeu porque a mulher dele era da família espanhola e como a Espanha era a potência da época se o Papa autorizasse a Igreja tava ferrada entende.. Aí o rei da Inglaterra criou uma religião (Anglicanismo) onde seus fiéis poderiam se separar e etc.. Sem contar que o “Papa” da Igreja Anglicana era o próprio rei. Acho que só..
    Beijinhos ;*

    H. Granger 6 Julho, 2009 20:30
  • o principal motivo foi que henrique V III queria que a igreja anulasse seu casamento com catarina de aragão para poder se casar com ana, alegando que a mesma não lhe dava herdeiros homens , só mulheres , pois naquela época não era permitido mulher suceder ao trono. o papa não permitiu a anulação do casamento ai henrique rompeu com a igreja e implantou o anglicanismo na inglaterra e casou se com Ana bolena.

    Érika 6 Julho, 2009 20:30
  • é a resposta anterior esta certa o henrikinho nao consiguia ter filho homem entao keria trocar de mulher, mas a igreja nao deixava entao ele cortou relaçoes com o papa e criou uma igreja em k pudesse mandar e desmandar. Como ele era um grande despota obrigou todos os funcionarios “publicos” a prestarem lh lealdade e dai o povo foi obrigado a seguir a sua igreja, kem se fosse contra morria como a conteceu com Thomas Moore o autor de UTOPIA

    ive.tris 6 Julho, 2009 20:30
  • O motivo foi que o papa de Roma, não concedeu o divócio para Henrique VIII, que desejava casar-se com Ana Bolena. Henrique rompe com o catolicismo e cria a igreja Anglicana,

    R??olu†ionary |Happy Ape| 6 Julho, 2009 20:30