As Palavras do Senhor

Respeite As Pessoas Mas Não Respeite A Religião Delas, Porque Não Tem Base Nenhuma De Veracidade?

Mesmo que eu respeite o outro como ser humano digno, este outro poderá se sentir desrespeitado caso eu desconsidere a religião dele. Muitas pessoas possuem a religião como parte visceral em suas vidas e, quando sentem que alguém desvaloriza sua religião, também sentem que elas próprias estão sendo desvalorizadas.( Acontece o mesmo com certos torcedores de futebol fanáticos. ) Veja só como alguns colegas já te elegeram como “inimigo” apenas por ver o seu nick. Acho que são poucas as pessoas que amadureceram o suficiente para conseguir separar as coisas e não se sentirem desrespeitadas quando alguém nega a religião delas.

COMENTÁRIOS FACEBOOK

Comments to Respeite As Pessoas Mas Não Respeite A Religião Delas, Porque Não Tem Base Nenhuma De Veracidade?

  • Dñe, você esta perguntando ou respondendo?
    Analisando seu perfil fiquei imensamente pesaroso por você, você só não acredita na inexistência de Deus, ainda faz propaganda contra.
    Como sua pergunta esta sendo feita em forma de resposta, vou tomar a liberdade de fazer de minha resposta uma pergunta.
    O que o leva a agir assim de maneira tão agressiva e gratuita contra Aquele a quem deves a própria vida? O que te levou a tanta revolta?
    Dado o fato de tua determinação em denegrir a imagem do próprio Criador, o que quer que se diga aqui, jamais irá pesar em sua conduta, pois esta bem claro que você não esta querendo nenhuma resposta contrária à sua.
    Só vou deixar registrado abaixo uma frase de minha autoria para sua reflexão.
    Um abraço fique com Deus, pois mesmo que não O queira, Ele em sua infinita bondade ainda não o abandonou.
    “Deus, não é para ser questionado, Sua presença é tão clara e evidente, quando olhamos com os olhos do coração e da razão, que questionar Sua existência passa a ser blasfêmico e desonesto”
    (Ivan Teorilang)
    OBS. Não estou aqui defendendo nenhuma religião, estou apenas expressando minha convicção na existência Dele.

    Moreno 7 Setembro, 2009 2:27
  • A religião é composta de homens, e os homens pecam, então não tente encontrar uma religião perfeita.
    Mas saiba aproveitar o que tem de bom nelas.
    Assim como cada ser humano tem algo de bom e algo de ruim, si todos olharem só seus defeitos ninguém vai gostar de você, mas todos olham suas qualidades tbm, e assim vêem algo positivo em você.
    De todas as coisas você tira algo de proveito. Não adianta você olhar como agem as pessoas da religião, como pastores que roubam e essas coisas, até pq eles nao sao a religiao, voce tem q olhar o que ela traz de ensinamento. E nao pra dizer que nao ensinam nada de bom… ensina o respeito, o amor, a compaixao, a nao roubar, nao matar, agora seguir meu amigo… segue quem quer, faz certo quem quer.

    *IV?? ?ۯ?I????* Ivan Teorilang 7 Setembro, 2009 2:27
  • -ISTO NÃO É VERAZ, O RESPEITO DEVE SER USADO EM QUALQUER SITUAÇÃO, é a VERDADE que deve imperar, e se a RELIGIÃO está errada, ELA DEVE SER EXPOSTA, também, mas de forma mais habilidosa e respeitosa possível, as PESSOAS também tem que serem avisadas que estão na RELIGIÃO FALSA, portanto estão sendo CRISTÃOS FALSOS, isso não é DESRESPEITO É AMOR AO PRÓXIMO!!!

    mascotin 7 Setembro, 2009 2:27
  • Meus irmãos(…),
    *RESPOSTA COMPLETA VC ENCONTRA EM : http://www.montfort.org.br/index.php?sec…
    Nosso século clama: “tolerância, tolerância !!!
    Tem-se como certo que um padre deve ser tolerante, que a religião deve ser tolerante. Meus irmãos, não há nada que valha mais que a franqueza e eu aqui estou para vos dizer, sem disfarce, que no mundo inteiro só existe uma sociedade que possui a verdade e que esta sociedade deve ser necessariamente intolerante.
    A tolerância pode ser civil ou teológica.
    A primeira não nos diz respeito e não falarei senão uma pequena palavra sobre ela: se a lei tolerante quer dizer que a sociedade permite todas as religiões porque a seus olhos, elas são todas igualmente boas ou porque as autoridades se consideram incompetentes para tomar partido neste assunto, tal lei é ímpia e atéia.
    Ela exprime não a tolerância civil como a seguir indicaremos, mas a tolerância dogmática que, por uma neutralidade criminosa, justifica nos indivíduos a mais absoluta indiferença religiosa.
    Ao contrário, se, reconhecendo que uma só religião é boa, a lei suporta e permite que as demais possam se exercer por amor à tranqüilidade pública, esta lei poderá ser sábia e necessária se assim o pedirem as circunstâncias como outros observaram antes de mim (…).
    Deixo porém este campo cheio de dificuldades e volto-me para a questão propriamente religiosa e teológica em que exponho estes dois princípios: primeiro, a religião que vem do céu é verdade e ela é intolerante com relação às doutrinas errôneas; segundo, a religião que vem do céu é caridade e ela é cheia de tolerância quanto às pessoas.
    Faz parte da essência de toda verdade não tolerar o princípio que a contradiz. A afirmação de uma coisa exclui a negação dessa mesma coisa, assim como a luz exclui as trevas.
    Onde nada é certo, onde nada é definido, pode-se partilhar os sentimentos, podem variar as opiniões. Compreendo e peço a liberdade de opinião nas coisas duvidosas: in dubiis, libertas.
    Mas logo que a verdade se apresenta com as características certas que a distinguem, por isso mesmo que é verdade, ela é positiva, ela é necessária e por conseqüência ela é una e intolerante: in necessariis, unitas.
    Condenar a verdade à tolerância é condená-la ao suicídio.
    A afirmação se aniquila se ela duvida de si mesma, e ela duvida de si mesma se ela admite com indiferença que se ponha a seu lado a sua própria negação.
    Para a verdade, a intolerância é o instinto de conservação, é o exercício legítimo do direito de propriedade.
    Quando se possui alguma coisa é preciso defendê-la sob pena de ser despojado dela bem cedo.
    Assim, meus irmãos, pela própria necessidade das coisas, a intolerância está em toda parte porque em toda parte existe o bem e o mal, o verdadeiro e o falso, a ordem e a desordem.
    Que há de mais intolerante do que esta proposição: 2 e 2 fazem 4? Se vierdes me dizer que 2 e 2 fazem 3 ou fazem 5, eu vos respondo que 2 e 2 fazem 4…
    Esse Deus, cuja unidade é seu grande atributo, deu à terra um só símbolo, uma só doutrina, uma só fé: una fides. E esta fé, esta doutrina, Ele confiou-as a uma só sociedade visível, uma só Igreja cujos filhos são, todos, marcados com o mesmo selo e regenerados pela mesma graça: unum baptisma.
    Assim, a unidade divina que esplende por todos os séculos na glória de Deus, produziu-se sobre a terra pela unidade do dogma evangélico cujo depósito foi confiado por Nosso Senhor Jesus Cristo à unidade hierárquica do sacerdócio: um Deus, uma fé, uma Igreja: unus Dominus, una fides, unum baptisma.
    O filósofo de Genebra [Rousseau] disse, falando do Salvador dos homens:
    “Não vejo que meu divino Mestre tenha formulado sutilezas sobre o dogma”.
    Bem verdadeiro, meus irmãos. Jesus Cristo não formulou sutilezas sobre o dogma, mas trouxe aos homens a verdade e disse: se alguém não for batizado na água e no Espírito Santo; se alguém, recusa-se a comer a minha carne e a beber o meu sangre, não terá parte em meu reino.
    Confesso que nisso não há sutilezas, há intolerância, há exclusão, a mais positiva, a mais franca.
    E mais, Jesus Cristo enviou seus Apóstolos para pregar a todas as nações, isto é, derrubar todas as religiões existentes para estabelecer em toda a terra a única religião cristã e substituir todas as crenças dos diferentes povos pela unidade do dogma católico…
    Fonte(s):
    Site: Montfort.org ( Prof. Orlando Fedeli)

    ricardo bn 7 Setembro, 2009 2:27
  • Realmente, as pessoas têm de ser respeitadas, por mais incultas que sejam. Porque não é culpa delas se nasceram com menos inteligência ou se não resistiram à lavagem cerebral. Elas merecem respeito pq não tiveram controle sobre esses fatores, não podem ser responsabilizadas por eles.

    Católico ROMANO 7 Setembro, 2009 2:27
  • Deus existe. Mas eu concordo com você em um ponto: é melhor respeitar uma pessoa do que uma religião. Para Deus, o próximo é mais importante do que instituições.

    rettili 7 Setembro, 2009 2:27
  • Mas respeitando as pessoas não estaria respeitando ao mesmo tempo o que liga à estas pessoas?
    Tipo, se vc respeita um evangélico, óbviamente vc estará respeitando a religião dele….
    aff… sei lá….

    silvagv 7 Setembro, 2009 2:27
  • Acredito que todos respeitassem o espaço do próximo, a individualidade do próximo e sua crença, a maioria das guerras nao aconteceria!

    kayako..O grito 7 Setembro, 2009 2:27
  • cade a logica da sua pergunta?
    para mim respeitar uma pessoa nao posso excluir nenhuma aspecto. Respeitar significa da a ela o direito de fazer o q julga melhor para vida dela.

    Mile 7 Setembro, 2009 2:27
  • Uma pessoa que respeita a si próprio, obviamente respeita os outros e as religiões dos outros também.
    Discordo do seu ponto de vista.

    N & N Felizes e apaixonados! 7 Setembro, 2009 2:27
  • “Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.” Provérbios 3:5

    ?Roger 7 Setembro, 2009 2:27
  • Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana!
    boa noite!

    Jonas 7 Setembro, 2009 2:27
  • …religião é pra ser discutida e não adulada…

    til 03 7 Setembro, 2009 2:27
  • Que isso cara ai não com excessão de certas pessoas rsrsrsrsrsrsrs da vontade de passar um tanque em cima deles.

    how to loose stomach fat 7 Setembro, 2009 2:27
  • 2 pontos…

    Anti falcatrua x 7 Setembro, 2009 2:27
  • E cadê a **** da pergunta?
    EDIÇÃO
    Eles não podem provar que Deus existe! Você pode provar que ele não existe?
    Eu tou cansado sabe, não só dos religiosos fanáticos, mas de descrentes fanáticos que não respeitam a religião alheia.
    Se você não respeita a religião, como pode respeitar a pessoa, como pode dizer que isso é respeito?

    Bill Pasold 7 Setembro, 2009 2:27
  • Se Deus não existe d onde tu vens?

    Rafael Marinho 7 Setembro, 2009 2:27
  • Uma verdade inquietante na vida de alguns homens:
    “A fé não nasce com uma quantidade de fatos que uma pessoa ouve a respeito de Deus. Há pessoas que se convertem com um folheto apenas, enquanto outras irão para o inferno conhecendo a Bíblia inteira.”
    Lembrem-se: “O maior conhecedor e deturpador da Bíblia, é o Diabo”.
    Qual das opções abaixo, revelaria “o por quê” de tal atitude dos “ditos ateus” em atacar ao Deus Bíblico somente e a fé Cristã-bíblica:
    a) Seriam pessoas problemáticas e amarguradas, que vivem bitolados em azedumes de suas próprias misérias, e por isso, vivem OBSTINADOS POR DEUS, PELA BÍBLIA, querendo culpar a Deus, por suas próprias imperfeições e mazelas.
    b) Seriam pessoas com problemas mentais graves, psicologicamente, com graves distúrbios, a ponto de viverem bitolados a falar sobre Deus e a Bíblia, de forma obstinada e contraditória, sempre, com interpretações e distorções propositais, para provocar a reação das pessoas de fé, o que promoveria a eles uma sensação doentia de sarcasmo e zombaria.
    c) Por que somente O DEUS BÍBLICO dará a eles, “IBOPE”, em suas falácias.
    d) Por vivem em crises de identidade e existenciais, estão buscando um sentido para suas vidas.
    e) Seria O GRANGE VAZIO DE SUAS ALMAS, bem como, a falta de entendimento para discernirem as coisas espirituais.
    f) Seriam os ateus então, UMA PROVA IRREFUTÁVEL DA EXISTÊNCIA DO DEUS SINGULAR.
    g) Por que somente CRISTO JESUS, pode dar sentido à suas vidas vazias e confusas.
    h) É porque somente O DEUS BÍBLICO É DIGNO DE DARMOS IMPORTÂNCIA.
    i) Por que em meio a tantos falsos deuses, os ditos ateus só enxergam e blasfemam – DO DEUS SINGULAR E VERDADEIRO – DISTORCENDO OS TEXTOS BÍBLICOS, e desvirtuando o sentido dos mesmos.
    j) TODAS AS OPÇÕES ACIMA SÃO VERDADEIRAS!!!
    Vejam uma lista incompleta dos falsos deuses que o diabo inspirou os homens a inventar:
    Chimichagua, Quetzalcóatl, Nãmandu, Huitzilopochtli, Coyolxahuqui, Baal, Hare, Brahma, Mahayana, Shu, Tefnet, Osíris, Khnemu, Seket, Menfis, Amaterasu, Buda, Amon-Rá, Zeus, Júpiter, Posêidon, Tezcatlipoca, Xangô, Pachamama, Ull, Shiva, Nhanderuvuçu, Krishna, Ishtar, Cihuacóatl, Cihuacóatl, Mictlantecuhtli, Kinich, Ahau, Pã, Wakan Tanka, Unkulunkulu, Vulcano, Indra, Rá, Shu , Geb, Tefnet, Nut, Amon, Thot, Menphis, Thebas, Ptah, Khnemu, Hapi, Horus, Neit, Seket, Hator, Mênfis, Tebas, Anúbis, Abidos, Busíris, Ptah, Khonsu, Akhenaton, Aton, Moloch, Bel, Allah, Vishnu, Krishna, Rama, Guru, Kasyapa, Crestus, Vinata, Kal, Yama, Savitri, Buda, Zeus, Júpiter, Apolo, Cronos, Urano, Géia, Hades, Réia, Posêidon, Tritão, Ares, Hera, Marte, Ares, Hefesto, Hebe, Ilítia, Juno, Ártemis, Diana, Apolo, Febe, Ceo, Hélio, Hipérion, Téia, Selene, Eos, Ares, Aristeu, Asclépio, Assur, Marduk, Deméter, Príapo, Ishtar, Astarte, Afrodite, Saturno, Plutão, Prosérpina, Netuno, Flora, Fortuna, Jano, Minerva, Atena, Quirino, Rômulo, Tezcatlipoca, Tlaloc, Chac, Iansã, Cihuacóatl, Mictlantecuhtli, Ah puch, Ometecuhtli, Xolotl, Inti, Pachamama, Pachacámac, Itzamná, Kinich Ahau, Ixchel, Ixtab, An, Ki, Enlil, Enki, Nanna, Utu, Inanna, Inanna, Nanna, Ninurta, Dumuzi, Bachue, Chibchacum, Bochica, Nhamandu, Karai, Jakairá, Tupã, Wakan Tanka, Iemanjá, Oxalá, Obá, Iansã, Oxum, Oxumaré, Biri, Afefe, Oiá, Olorum, Ogum, Oxóssi, Omulu, Obaluaê, Nanã Buruquê, Ibeji, Unkulunkulu, Odhinn, Ull, Njord, Heimdall, Thor, Balder, Frigg, Ishtar, Astarte, Ashtoreth, Thixo, Malidiphu, Ifá, Esu, Cibele, Amaterasu, Shang Di, Viracocha, Dàuãsunusu, Atasu, Um Si, de Albi, Satanás, Ates, Ego, além dos ídolos católicos, da Mariolatria e os seus clones, etc…
    Por que os que se dizem ateus e satanistas, só atacam e ofendem ao Deus BÍBLICO-CRISTÃO???
    Ah, já sei: Somente o Deus Bíblico possui quase 6.000 anos de História, e somente Ele é venerado e adorado por centenas de séculos da história humana.
    Ah, já sei: Somente o Deus Bíblico-Cristão dividiu a História em AC/DC… E também muda e transforma a vida dos homens da mesma maneira em: “Antes de Cristo” e “Depois de Cristo”…
    Ah, já sei: Somente o Deus-Bíblico lhes dará ibope e poderá preencher o vazio de suas vidas sem sentido, e em constante crise existencial, pois a única certeza que possuem é: VAMOS MORRER EM BREVE.
    O VERSÍCULO QUE RESUMIRIA A CEGUEIRA DOS MESMOS SERIA II CORÍNTIOS 4:
    4 Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.
    >>> O que chegaríamos à conclusão de que…
    Ateus e satanistas são uma manifestação inconsciente (devido à egolatria) ou consciente daquele que é inimigo de Deus e dos homens – O DIABO.
    Eu tenho pena de vocês!
    “OS DITOS ATEUS” , SÃO UMA CLARA MANIFESTAÇÃO DO ÓDIO E REBELDIA, DAQUELE [O DIABO] QUE TEM PROBLEMAS E PENDENCIAS A RESOLVER, SOMENTE COM O DEUS VERDADEIRO”!!!
    Então, dá para escolher uma das opções acima???

    apenas mulher 7 Setembro, 2009 2:27

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Loading...