As Palavras do Senhor

Sabe Por Que O Sacrifício, Assassinado Ou Suicídio De Jesus, Não Tem Como Salvar Alguém?

Como houve um tempo em que Jesus ainda não existia e Jesus não foi um Deus coeterno, que sempre existiu ou da mesma essência que Jeova, e sim, um humano que nasceu e terminou morrendo na cruz, num determinado época do tempo, o arianismo, fundada no século IV por Ario, defende que Jesus não é Deus.
O “Façamos o homem a nossa imagem e semelhança”, teria a ver com os anjos que se encontravam ao lado de Deus, e não com Jesus, que só nasceu depois da Virgem Maria.
Os originais do Antigo Testamento (Torah judaico) e do Coran, quando relatam a criação de Adão, não falam no plural, pois foi só após o século 3 que se passou a relatar no plural a criação de Adão.


Comments to Sabe Por Que O Sacrifício, Assassinado Ou Suicídio De Jesus, Não Tem Como Salvar Alguém?

  • Com certeza.
    Deus falava as hostes celestes que eram como ele, semelhantes a ele.
    VOU RESPONDER SEGUNDO O PENSAMENTO CRISTÃO, DE ASSOCIAR O VELHO COM O NOVO TESTAMENTO, E SEGUNTO O PRÓPRIO NOVO TESTAMENTO.
    Os anjos tem poderes semelhantes, e tem poder de interferir na matéria, conforme diz a Bíblia, lendo o Apocalipse nota-se que eles manipulam as forças da natureza, mexem nos elementos, etc…
    Isso explica porque no princípio do mundo, lá em Gênesis, se diz que o espírito de Deus movia-se sobre as águas.
    Esse espírito de Deus, ou sopro de Deus, como é a etimologia da palavra no original hebraico, ou vento, era causado por Deus e por seres espirituais que estavam ao lado do criador.
    Repare no Apocalipse como eles tem poderes diversos.
    E fala-se de SETE espíritos diante do trono, ou ARCANJOS da PRESENÇA.
    São seres que são enviados a terra inteira, segundo a escritura.
    Apocalipse 1:4
    sete espíritos que estão diante do seu trono;
    Apocalipse 3:1
    os sete espíritos de Deus
    Apocalipse 4:5
    e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus;
    Apocalipse 5:6
    tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus, enviados por toda a terra.
    Sem contar que o espírito a que os evangélicos dizem ser a 3ª pessoa da trindade na verdade não é um espírito só, mas sim toda a hoste angélica a serviço de Deus.
    No Apocalipse se nota isso, já que a palavra apocalipse significa REVELAÇÃO.
    Na Bíblia dos Terstemunhas de Jeová e na versão inglesa King James, o livro Bíblico do Apocalipse vem escrito REVELAÇÃO e REVELATION.
    E nesse livro de Revelações, é revelado que o espírito santo nada mais é do que a hierarquia espiritual de Deus, seus anjos e arcanjos, cuja parcela, Jesus tem autoridade, conforme foi condecida pelo Pai.
    E esses anjos FALAM as igrejas.
    Veja:
    Apocalipse 2:1
    Ao anjo da igreja em Éfeso
    Apocalipse 2:8
    Ao anjo da igreja em Esmirna
    Apocalipse 2:12
    Ao anjo da igreja em Pérgamo
    Apocalipse 2:18
    Ao anjo da igreja em Tiatira
    Apocalipse 3:1
    Ao anjo da igreja em Sardes
    Apocalipse 3:7
    Ao anjo da igreja em Filadélfia
    Apocalipse 3:14
    Ao anjo da igreja em Laodicéia
    Sempre é o ANJO que comparece e é recebido pelos cristãos daquelas comunidades, e eles FALAM a mensagem para qual foram enviados, e ensinam aquilo que os cristãos devem saber.
    Como disse Jesus:
    João 14:26
    Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.
    João também disse para TER DISCERNIMENTO, e não acreditar em qualquer espirito (anjo):
    I João 4:1
    Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo.
    Anjos são espíritos:
    Hebreus 1:13, 14
    … anjos … são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir …
    Quando no Apocalipse (Revelação) diz que os ANJOS falam as Igrejas, nos mesmos contextos é REVELADO que esses anjos são o ESPÍRITOS que falam ao sservos de Deus!!!
    O espírito que fala as igrejas são os anjos e também o próprio Jesus, que também é um espírito, segunda a Bíblia.
    Jesus (“o último Adão”) é espirito:
    I Corintios 15:45
    Assim também está escrito: O primeiro homem, Adão, tornou-se alma vivente; o último Adão, espírito vivificante.
    Repare como Jesus e os anjos são mesmo O ESPÍRITO que fala as igrejas:
    Apocalipse 2:7
    Apocalipse 2:11
    Apocalipse 2:17
    Apocalipse 3:6
    Apocalipse 3:13
    Portanto, esse papinho de que o Espírito Santo é a terceira pessoa da trindade é balela !!!
    Numa visão beatífica, Estevão, que estava sendo apedrejado por Saulo e seus asseclas, viu no céu DEUS SENTADO no trono, e do lado deste Deus, ele viu o FILHO DO HOMEM (não o filho de Deus), E NÃO VIU NENHUM DEUS ESPÍRITO SANTO, NENHUMA 3ª PESSOA DA TRINDADE.
    Nem mesmo com relação a Jesus ele viu como segunda pessoa.
    Ao contrário, ele VIU APENAS UM DEUS, E UM DEUS EM UMA ÚNICA PESSOA.
    E ao lado dessa única pessoa divina, ele viu Jesus (filho do homem) ao lado do Deus eterno Jeová (ou Javé ou Yahweh).
    Atos 7:55
    Mas ele, cheio do Espírito Santo, fitando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus em pé à direita de Deus,
    NOTE QUE ESTAVÃO ESTAVA CHEIO DE ESPÍRITO SANTO.
    Isso mostra que essa expressão quer dizer TOMADO pelo poder de Deus.
    A desculpa dos religiosos é que se o Espírito de Deus tinha descido e enchido a Estevão, por isso que ele não viu o Espírito Santo no céu ao lado de Deus e de Jesus !!!!
    Tenha santa paciência !!!
    Veja o absurdo que esses igrejeiros recorrem para escapar das encrencas que eles mesmos se metem !!!
    Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah …

    Pentalfa 1 Junho, 2009 23:31
  • FAÇAMOS = ato de CRIAÇÃO.
    E há um único CRIADOR que é DEUS!
    OS PROFETAS, desde os tempos antigos, vinham anunciando a todos os POVOS a salvação de DEUS e a vinda de um MESSIAS.
    Todos tiveram a oportunidade de se salvarem. Aqueles que REJEITARAM, o fizeram pela dureza de seus CORAÇÕES.

    Sergio M 1 Junho, 2009 23:31
  • No Hebraico está escrito mesmo Façamos…o Corão eu não lí, não por preconceito mas por falta de oportunidade, a questão do sacrifício é mais ou menos assim. Pela tradição judaica o grande pecado de Adão, não foi ter comido do “FRUTO”, mas ter respondido à Deus que comera o fruto por causa da companheira que Deus lhe dera, ou seja, além de errar, jogou-o a culpa em Eva e como Eva havia sido criada por Deus, logo a culpa seria de Deus. Havia nos tempos bíblicos o hábito de sacrificar além de um sacrifício (muito diferente do que as pessoas pensam) um Bode expiatório. Sensatamente falando, suspender o Sacrifício Perpétuo, não tem nada a ver com matar ninguém, e sim com a correção do defeito mais básico do ser humano. “POR A CULPA DE SEUS ATOS E AS CONSEQUÊNCIAS DELES NOS OUTROS” É UM TAL DE PROCURAR ” bode expiatório…..Como no ano 70 d.C ocorreu a Queda do II Templo, e como os Evangelhos foram escritos posteriormente à muitos acontecimentos, tais ocorrências foram dadas como uma comprovação factual da Verdade de Jesus como Messias…, é fácil ver profecias realizadas quando se tem eventos ocorridos.. O Sacrifío Perpétuo, é o preço que a humanidade paga por ser inconsequente, irresponsavel, arrogante..

    Marcio Paulo M 1 Junho, 2009 23:31
  • A promessa de Deus aos patriarcas é a que enviaria, pela geração deles, ao Rei e Salvador. O fato de que Maria não foi tocada por homem, revela que Jesus não é humano. Davi chama Jesus de Seu Senhor, como falaria de alguém que não existia ainda?
    Lisandro, vc já foi mais sensato…

    cacounge 1 Junho, 2009 23:31
  • Pois é, o arianismo foi condenado como heresia no Primeiro Concílio de Nicéia (325) e essa condenação foi conirmada no Concílio de Constantinopla I (381).
    A meu ver, e isso é opinião minha, as discussões acerca dessa e de outras questões, são teológicas, ou seja, são elaborações da inteligência humana na busca de compreender melhor a fé.
    Conforme a doutrina católica, Jesus é Deus que se faz homem, morre e ressuscita para redenção de toda a humanidade. Obviamente, essa noção é contestada pelas Testemunhas de Jeová, porém aceita por todas as denominações cristãs, católicas e não católicas.
    A discussão de um assunto complexo como esse não é possível no espaço do YR. De qualquer forma, segue um link interessante sobre o assunto.

    Carlos Spadin 1 Junho, 2009 23:31
  • Isso já está ficando monótono! Mas tenho fé que Que Deus pode por um grande milagre fazer voces tj evoluírem (nascer de novo).
    Vamos lá, mais uma vez: O Ú nico Deus Eterno é uma pluralidade de três pessoas em uma Triunidade Co-Eterna; há tres pessoas chamadas de Deus e Co-Eternas por natureza: O Pai, O Filho e O Espírito Santo.
    AS Escritura atribuem a JESUS a criação de todas as coisas: ” Sem Ele nada do que foi feito se fez. (Jo 1:3).
    Voce sabia que a Sociedade Torre de Vigia de Bliblias e Tratados so tem apenas 127 anos de inalgurada e nasceu de uma dissidência entre os adventistas pelo Sr. Charles Taze Russel?
    Abraços do Reverendo!

    Edson Eass 1 Junho, 2009 23:31
  • Claro q Jesus é Deus meu, leia mais por favor
    Deus é Pai, é Filho é Espirito Santo.
    oO quanta ignorancia.

    Lucas Henrique 1 Junho, 2009 23:31
  • Ele não vai salvar ninguém porque ele era um ser humano como outro qualquer.
    Falou, grande!

    David, o libertário! 1 Junho, 2009 23:31
  • Realmente não tem mesmo como salvar por que ele está morto, ele morreu a exatos 1976 anos atrás (abraços

    kalikrates a verdade faz doer 1 Junho, 2009 23:31
  • As coisas espirituais são loucura para o homem.

    Bamboo Wind Chimes 1 Junho, 2009 23:31
  • OLA MEU CARO.
    VAI LER A BIBLIA E VC VAI SABER.

    Max lanio 1 Junho, 2009 23:31
  • não acredito dessa forma
    creio no sacrifício, na morte e na ressurreissão

    ?Pri? 1 Junho, 2009 23:31
  • Ahhhhhh??????????
    só quero 2 pontinho

    kikasouf 1 Junho, 2009 23:31
  • A trindade é um politeísmo disfarçado!

    Gaúcha 1 Junho, 2009 23:31
  • Seria uma visão do arianismo sobre a versão de que “jesus era deus na Terra e teria sido morto para salvar a humanidade”. O arianismo diz que “jesus” era inferior a “deus”.
    Usando o argumento de que “jesus” fosse mais uma criação de “deus”, podemos dizer que sua morte não iria purificar ninguém e muito menos salvar.
    Há várias visões e conclusões sobre a passagem ou não de jesus na Terra, cada uma diferente da outra. Alguns acreditam que jesus foi apenas um grande sábio que morreu na cruz, outros acreditam que ele é o filho de deus e outros que ele seja o próprio “deus”.
    Os estudos mostram que jesus, era um sábio sem poderes e sem divindade e que morreu na cruz e que não poderia “salvar” ninguém.

    Capeta Jr. 1 Junho, 2009 23:31