As Palavras do Senhor

Vcs Sabiam Que A Biblia Afirma Que Jesus é O Verdadeiro Deus? E Que Os Falsos Profetas Negam Esta Verdade?

Vc Sabia que a Biblia afirma que JESUS é o verdadeiro Deus? e que os anticristos negam esta verdade?
1João 5:20 Sabemos também que já veio o Filho de Deus, e nos deu entendimento para conhecermos aquele que é verdadeiro; e nós estamos naquele que é verdadeiro, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.
I João 5:12 Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.
João 3:36 Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.
Apocalipse 2:8 Ao anjo da igreja em Esmirna escreve: Isto diz o primeiro e o último, que foi morto e reviveu:
Isaías 44:6 Assim diz o Senhor, Rei de Israel, seu Redentor, o Senhor dos exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus.
Apocalipse 22:13 Eu sou o Alfa e o Omega, o primeiro e o ultimo, o princípio e o fim.
Apocalipse 1:8 Eu sou o Alfa e o Omega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.


Comments to Vcs Sabiam Que A Biblia Afirma Que Jesus é O Verdadeiro Deus? E Que Os Falsos Profetas Negam Esta Verdade?

  • Só é cristão autêntico quem acredita nessa verdade.
    Fico admirado de alguns “cristãos” negarem a divindade de Jesus.

    Mister R 11 Janeiro, 2010 11:28
  • Entendo que as pessoas tem que aprender a discernir o lado esquerdo do direito, ou seja, o certo do errado.
    1) A afirmação de que Jesus é o verdadeiro Deus revela um erro crasso de entendimento. É impossível. Se Ele é o verdadeiro, não teria nem pai nem mãe e toda a sua doutrina rui por água a baixo…
    2) Quem tem o filho tem a vida? Outra afirmação idiota e a olhos vistos no mundo inteiro, quem não tem o filho também tem a vida.
    Para quem conhece o nome do verdadeiro Deus, os verdadeiros anticristos dizem o que você escreveu, ou seja, os verdadeiros anticristo promulgam que Jesus é Deus, crucificando-o todo dia. Querem inverter a situação, mas quem nega isso jamais é anticristo. Antes, quem afirma isso não sabe o que fala ou é adepto de uma doutrina satânica…
    Porque Deus é quem Ele quiser ser. Se Ele quiser ser uma rocha, um pouco d’água, um mineral, um gás, um animal ou um ser humano, (macho ou fêmea) Deus tem o poder de ser. Portanto, se Ele quiser ser Jesus, você ou eu, ou um idoso ou uma idosa, Ele assim será! Caso Ele não pudesse ser alguma coisa Ele não seria o Deus verdadeiro! O que você escreveu é uma inominável ignorância, repetindo o que outros fizeram na tentativa de criar escravos! E não misture as coisas, porque você quer fazer de coisas heterogêneas aquilo que por natureza é heterogêneo.

    NASRALLA 11 Janeiro, 2010 11:28
  • E Ele é! em Gêneses 1 a Bíblia fala do Deus todo poderoso (El-Shaday) e diz: E criou Adonai os céus e a Terra… e continua afirmando que Adonai criou tudo. Em João 1 a Bíblia afirma a mesma coisa e diz: Todas as coisas foram feitas por Ele (Yeshua-hamashia), e sem Ele nada do que foi feito se fez.
    Isso prova irrevogavelmente que Deus e Cristo são um só, se assim não fosse existiriam duas criações .E suficientemente claro que essas palavras não foram escritas por homens, mas sim pelo Espírito Santo que testemunha que Cristo é Deus.
    A paz de Cristo a todos.

    Adorador 11 Janeiro, 2010 11:28
  • O novo testamento foi escrito justamente por quem seguia Jesus então é óbvio que ela afirma que Jesus é verdadeiro Deus. Esse argumento é muito falho. Voce pergutna: Quem disse que Jesus é deus? Voce responde: A bíblia. E voce pergunta de onde veio a bíblia e quem a escreveu? Voce responde: a bíblia veio de deus a partir de escritos de pessoas influenciadas diretamente por deus.
    É a mesma coisa que um indivíduo matar alguém, ele como réu jurar que é inocente e depois ele sair do banco dos réus e ir direto para o banco das testemunhas para imediatamente deixar de ser réu e virar testemunha para testemunhar a favor dele mesmo e o jurado aceitar.

    Jorge P 11 Janeiro, 2010 11:28
  • O pior cego é aquele que nao quer enxergar.POis se quiseres verás a gloria a Deus.
    Me prosto anti tua soberânia, pois o senhor nasceu sofreu e morreu por nos.
    ate por esse que o zombam e cospem na sua kra, dizendo que tu nao és merecedor.
    Mas sabemos que o senhor é grande em misericordia e amor e cremos que nos veremos em gloria em breve.
    Amem

    Daniel C 11 Janeiro, 2010 11:28
  • Olha só…..
    Assim como não podemos acreditar em tudo que lemos na internet, não devemos acreditar em tudo que lemos na bíblia porque ela está completamente alterada, adulterada e manipulada, dita “modernizada”.
    Tenho uma bíblia muito antiga que está na minha família desde o início do século passado. É completamente diferente, ou seja, mais completa.
    Cuidado…. não se deixe manipular.
    Bjuuuuuuuu

    Deborah dede 11 Janeiro, 2010 11:28
  • Eu acredito que Jesus é o verdadeiro Deus, e também acredito que a bíblia fala exatamente isso. E olha que eu sou “ateu”.
    Mas nossos amigos evangélicos não acreditam nisso, eles pensam que a bíblia não diz que Jesus é Deus, pensam que Jesus é somente filho de Deus e único ainda, meio estranho isso. Não é?
    Por que que Deus vai ter um filho só?

    Paulo Roberto 11 Janeiro, 2010 11:28
  • Rapaz! Escute um papo sério.
    Essa sua obsessão pelos que você chama de “falsos profetas” se tornou uma doença meu amigo!!!
    Tô falando sério! É melhor você procurar um psicólogo pois isso não é normal não!!
    Olha que obstinação desse tamanho é problema de cabeça ein!! Escute o que eu digo!!
    De qualquer forma, faço votos para que sua saúde se restabeleça.
    tchauzimmm

    Bruno B 11 Janeiro, 2010 11:28
  • Aí depende da parte da Bíblia que se lê e da que se omite. Em diversas partes Jesus cita que o pai é maior que ele.

    Marco Antônio o original 11 Janeiro, 2010 11:28
  • A vinda de Jesus Cristo foi para que tivéssemos “o entendimento para conhecer O que é verdadeiro” – Ele mesmo!

    lola 11 Janeiro, 2010 11:28
  • A bíblia é o método mais suspeito que existe para se provar alguma coisa!

    Léo Borges® Odeio carnaval 11 Janeiro, 2010 11:28
  • Baboseira.

    peri p 11 Janeiro, 2010 11:28
  • E essa aqui?
    João capítulo 10 vs. 30 Eu e o Pai somos um.

    Rob 11 Janeiro, 2010 11:28
  • “EU SOU o Caminho, a Verdade e a Vida. ninguém VEM ao Pai senão por mim”

    Wordpress Autoblogging Plugin 11 Janeiro, 2010 11:28
  • não……

    luiz 11 Janeiro, 2010 11:28
  • Quando um fiel é questionado de onde vem a autoridade da Bíblia a primeira reação é citar a própria bíblia em um argumento circular de pouco valor. Mas esse é um questionamento importante, pois se for derrubado todo o castelo de cartas cai por terra. Terá a Bíblia uma origem sobrenatural? Ela é confiável em tudo o que diz? Ela aborda mesmo todos os aspectos da vida humana? E finalmente, deve ser levada em consideração como um guia a ser respeitado mesmo por aqueles que sequer acreditam em sua mitologia?
    Bom, aqui as respostas a todas estas perguntas, em ordem: Não. Não. Não. E sob luz das respostas anteriores: Não. Como posso ser tão enfático nestas negativas? Permita-me que eu explique. Estas são as 10 razões porque você não deveria acreditar na Bíblia:
    1 – Contradições: Uma contradição é o que acontece quando duas ou mais afirmações são incompatíveis. A Bíblia está repleta de contradições e elas começam logo no primeiro capítulo de Gênese onde encontramos duas histórias sobre a criação que contradizem uma a outra, tanto na ordem dos acontecimentos como na maneira como as coisas são criadas.
    2 – Duplicatas: Semelhante a contradição, porém mais sutis. Trata-se da repetição de uma mesma história na qual os personagens ou a ênfase são diferentes. Exemplos de versões conflitantes incluem os dois grupos de mandamentos, os três patriarcas prostituindo suas esposas e o censo dos Israelitas feito por Davi. De fato, é difícil encontrar uma única história da Bíblia que não venha em diferentes versões. Tais narrativas duplicadas e levemente diferentes colocam em dúvida a autenticidade das histórias assim como sua origem.
    3 – Exageros: Parece que os autores da Bíblia não se satisfazem em contar uma história. O exagero chega a ser lugar comum e não raro toca o absurdo. Por exemplo, ao descrever uma enchente, é dito que ela foi tão grande que o topo da mais alta montanha ficou submerso. Enquanto uma inundação pode ser geologicamente identificada, não existe qualquer razão para uma pessoa sensata acreditar em algo de tão grande escala.
    4 – Ciência: A Bíblia vai na contramão de praticamente todos os ramos da ciência. Ela afirma que os humanos e outros animais foram criados da maneira como são hoje. A Biologia ensina que evoluímos no percorrer de milhões de anos. A Bíblia afirma que a terra tem apenas alguns milhares de anos. A geologia demonstra que temos mais de bilhões de anos nas costas. Arqueologia e Antropologia por fim, riscam e corrigem uma a uma as narrativas bíblicas como a Arca de Noé e o Colapso de Jericó.
    A Bíblia descreve a terra em termos da idade do bronze: um circulo chato, coberto por um domo, estacionário, estacionário no centro do universo que se move ao seu redor. Com o perdão do trocadilho ela está redondamente enganada. Qualquer criança bem informada sabe hoje que a terra é ovalada, rotaciona em seu próprio eixo, é orbitada por um satélite natural que chamamos de lia e órbita o sol, que também é rodeado por outros planetas com seus próprios satélites. Nosso sistema solar faz parte da Via Láctea que é apenas uma galáxia entre tantas outras no universo.
    5 – História: A Bíblia também não possui qualquer respaldo histórico uma vez que frequentemente, conta histórias sobre as quais não existem quaisquer provas concretas. Talvez a maior delas seja a lenda do êxodo do Egito. Não é uma questão de não ter sido exatamente assim. Simplesmente nunca aconteceu. O mesmo ocorre com a história de Ester. E não apenas isso como muitas vezes conta a história de civilizações vizinhas de modo equivocado, como quando credita a Dario a conquista da Babilônia, quando de fato tratou-se de Ciro, da Pérsia.
    6 – Crueldade: A Bíblia não deveria ser lida para crianças. Suas páginas estão repletas de crueldade de todo o tipo. Da execução de vítimas de estupro ao genocídio de etnias inteiras. Do apoio a escravidão ao mal trato de animais. Em muitos casos a violência não apenas não é combatida como é ordenada pelos autores. E de todos os problemas éticos da Bíblia, é o cristianismo que aponta a maior das injustiças ao amaldiçoar toda a humanidade pelos atos de rebeldia de dois indivíduos.
    É um princípio básico de justiça que o inocente não será punido pelos erros do culpado. Nenhum ser racional preocupado com a justiça pune um inocente pelos crimes ( reais ou imaginários) de outra pessoa. O deus bíblico continuamente quebra este princípio e vez após vez pune um inocente pelos pecados de outros. De fato isso é tão presente que toda a religião judaico-cristã está baseada na idéia de expiação dos culpados pelo sangue dos inocentes.
    7 – Anonimato: Apesar dos nomes legados pela tradição religiosa, ninguém sabe direito quem escreveu a maior parte dos textos bíblicos. Isso se aplica tanto ao antigo como ao novo testamento. também não sabemos nada sobre quando foram escritos e tudo sobre sua origem vem na verdade dos melhores “palpites” dos acadêmicos e historiadores. Se tivéssemos cinco estudiosos da bíblia em uma sala, teríamo

    Dombell 11 Janeiro, 2010 11:28